Tantas Palavras

Tantas Palavras

Por José Carlos Vieira
postado em 04/12/2014 00:00
Tormento

Se queres saber o que sinto agora
Escuta meu grito no silêncio
Silencia teus pensamentos
Entenda o que quero te mostrar

Morte de um tormento
Passagem sem volta ou destino
Vozes que não querem calar

Desmantelo preciso
Estado irreversível
Euforia sem sentido

Olho o céu pela manhã
Tudo escuro como se fosse noite
Tormentos de uma vida sã
Tão doentio quanto um açoite

Mirela Martorelli de Novaes, do livro Quarto da vida (Kiron Editora)









Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação