O fim do ano é show!

O fim do ano é show!

Confira as festas e shows que estão programados para dezembro e prometem agitar a cidade nos próximos dias

Juliana Figueiredo
postado em 04/12/2014 00:00
 (foto: Thomas Gold/Divulgação)
(foto: Thomas Gold/Divulgação)






Dezembro é um período estratégico para os produtores de eventos. Com a chegada do último mês do ano, várias pessoas estão de férias, com dinheiro no bolso por conta do 13; salário e, mesmo quem trabalha, entra na onda das comemorações de fim de ano e abre exceções para saídas no fim de semana e até no meio da semana. Além das festas regulares, a cidade recebe eventos especiais que buscam atender essa demanda. O Correio selecionou os shows e festas que vão bombar este mês e conversou com produtores sobre a realização de eventos no fim do ano em Brasília.

A festa Topless Weekend, que acontece em 12 e 13 de dezembro, no Centro Internacional de Convenções de Brasília (CICB), é uma das novidades que prometem animar o público da capital. Com dois dias de festa e um line-up que traz grandes nomes da música eletrônica mundial, o evento busca oferecer uma experiência diferente, que atraia tanto brasilienses como pessoas de outras cidades, que podem adquirir pacotes que incluem hospedagem em hotel e traslado.

;O desejo de realizar um evento no formato weekend em Brasília era antigo. A cidade tem uma carência disso. O legal é que as pessoas se encontram não só durante o evento, mas antes e depois, nos hotéis e demais espaços. A aceitação tem sido maravilhosa;, conta Bruno Sartório, da R2 Produções. O português Pete Tha Zouk ; referência em house music, indicado ao prêmio de Melhor Artista de Música Eletrônica do World Music Award e responsável pelo hit I am back again, lançado com a cantora Abigail Bailey, em 2010 ; é a principal atração de sexta (12).

Depois de uma noite inteira de muita música, a balada continua com no sábado (13) com o alemão Thomas Gold, considerado um papa na dance music. Seu remix para Set fire to rain, de Adele, rendeu mais de 15 milhões de views no Youtube, enquanto seu trabalho em One Republic and Miike Snow, ao lado de Lady Gaga, é sucesso nas pistas de todo o mundo. ;A primeira quinzena de dezembro é estratégica, porque as pessoas entram de férias, mas ainda estão na cidade. Para trazer atrações internacionais também é muito bom, porque, durante o inverno norte-americano, começa a temporada de DJs no hemisfério sul;, completa.

Animação sempre
Se trazer DJs internacionais para grandes eventos em dezembro é mais fácil, as pequenas casas da cidade sofrem para garantir a presença de artistas nacionais na programação. ;No fim do ano, as passagens ficam muito caras. Por outro lado, estamos com uma safra muito boa de músicos incríveis de Brasília. Não precisamos trazer gente de fora. Vamos priorizar os artistas daqui;, revela Jul Pagul, do Balaio Café. Além do tradicional samba de quinta-feira, o fim do ano vem com novidades: forró às quartas; música latina na festa Pequila às sextas; balada RetrôContemporâneo aos sábados; e Segundas intenções às segundas.

Para os produtores da Moranga, festa que acontece toda quarta-feira no Outro Calaf, falta de evento durante a semana não é mais desculpa para os brasilienses. ;Se você acompanhar, a evolução do público da Moranga foi muito grande. Até o meio do ano, recebíamos de 300 a 500 pessoas. Com a chegada da Copa do Mundo e das férias, as pessoas começaram a querer sair todos os dias e acabaram conhecendo a festa. Conseguimos fidelizar boa parte desse público e, hoje, a casa atinge uma média de 700 pessoas;, afirma o produtor Daniel Spot.

A expectativa aumenta com a chegada das férias, principalmente pela mudança de perfil dos frequentadores do evento. ;No começo, a faixa etária era de 25 anos para cima, que era a idade da galera que já conhecia a Toranja, como era chamada a Moranga quando ainda era realizada no Balaio. Agora, a grande maioria é formada por universitários na casa dos 18. Cada edição procura trazer uma proposta diferente e atual, como karaokê e batalha de ipods, o que dialoga muito com o público jovem. Esperamos ver a casa cheia todas as quartas;, ressalta Spot.


www.correiobraziliense.com.br
Veja mais atrações de fim de ano e o serviço completo das festas.




Programe-se
Os agitos do mês começam nesta sexta-feira, com festas para todos os gostos. Tem muita música brasileira no show de 30 anos de carreira da banda Mundo Livre S/A, às 21h, na Ilha do Parque (Parque da Cidade); e na festa Mimosa canta Caymmi, às 22h, no Outro Calaf. Guilherme e Santiago contemplam os fãs de sertanejo, às 22h, no Villa Mix. Funk de todos os tipos entram em cena no Baile da Favorita, às 22h, no Estádio Nacional; e às 23h, no La Ursa, com show do Bonde do Rolê. A classificação indicativa dos eventos é 18 anos. Confira mais opções abaixo:

; Sábado (6), às 23h, festa Melanina no Clube Ascade. (18 anos)

; Domingo (7), às 10h, festival Vila Brasil, com shows de Criolo, Banda do Mar e outros na Praça das Fontes do Parque da Cidade. (Livre)

; Terça (9), às 20h, show de Wilson das Neves na Caixa Cultural. (12 anos)

; Quarta (10) e quinta (11), às 22h, show de Wesley Safadão no Villa Mix. (18 anos)

; Sexta (12), às 20h, show da Tiê no Teatro Marista da 615 sul. (14 anos)

; Sexta (12), às 22h, Brasília Summer Reggae, com shows da bandas O Rappa e SOJA, no Pavilhão do Parque da Cidade. (18 anos)

; Sábado (13), às 22h, festa Crazy Cake Party no Club 904. (18 anos)



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação