Vizinhança cheio de ambição

Vizinhança cheio de ambição

postado em 13/12/2014 00:00
 (foto: Irene Egler/Ponto Marketing Esportivo
)
(foto: Irene Egler/Ponto Marketing Esportivo )

O campeonato 2013/2014 da Liga de Basquete Feminino (LBF) serviu de aprendizado para o Vizinhança, estreante naquela edição. Com o pior aproveitamento entre os oito participantes ; perdeu as 14 partidas disputadas ;, igualou a campanha mais desastrosa da história do torneio (Ponta Grossa, em 2002). Para a temporada 2014/2015, no entanto, a meta é brigar no topo da tabela.

Ontem, a três dias da estreia, a equipe apresentou o elenco que jogará a competição nacional. Entre as 14 atletas, cinco são recém-contratadas: a armadora Ariani Silva, a lateral Kananda, a ala/pivô Isabela Costa e a central Franciele, além da ala-armadora Cacá Martins, convocada em junho pelo técnico da Seleção Brasileira, Luiz Zanon. ;Buscamos mesclar a experiência das mais velhas com a velocidade das jovens;, explica o treinador do time de Brasília, Marco Aurélio, sobre o perfil dos reforços.

Fortalecido em relação à edição anterior, o Vizinhança promete atrapalhar os planos dos favoritos adversários paulistas, vencedores de três das quatro edições da liga. ;Estamos mais experientes que no campeonato anterior. Por isso, nosso objetivo é a classificação para os play-offs;, avisa Marco Aurélio sobre a meta de terminar a primeira fase no ;G-4; da tabela. ;Teremos um grupo rápido. Além disso, melhoramos a parte defensiva e a transição para o ataque;, avalia, após cinco dias de treinos em período integral.

A estreia das candangas está marcada para segunda-feira, diante do Jaraguá do Sul, às 20h, no Clube Vizinhança (108/109 Sul). As rivais vão disputar a LFB pela primeira vez.

Candangos perdem para lanterna
O UniCeub/BRB amargou mais uma derrota e chega à sétima em nove jogos, na pior campanha da história do clube. Ontem, o time perdeu para o lanterna da temporada 2014/2015 no NBB, Rio Branco. O jogo no ginásio da Asceb terminou em 73 x 85, com o ala/pivô adversário Mosso como cestinha da partida, com 31 pontos. O tricampeão foi vaiado pela torcida pela primeira vez em casa. ;Agora, a derrota não tem desculpa. Nós tínhamos a obrigação de ganhar, mas falhamos. É a pior fase do UniCeub/BRB em todos os NBBs;, desabafou o técnico José Carlos Vidal. O time candango tem agora a difícil missão de encarar o Flamengo fora de casa, na próxima terça-feira.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação