Pela paz, pela liberdade

Pela paz, pela liberdade

postado em 12/01/2015 00:00


Ingleses na praça
Em Londres, na famosa Trafalgar Square, 2 mil pessoas se reuniram, erguendo bandeiras e lápis para o alto. Uma pessoa exibiu um enorme coração de papel, com a mensagem ;eu sou um muçulmano britânico;. Uma multidão também marchou na cidade de Oxford.



Mensagem do Islã
Mulher muçulmana mostra cartaz que associa o Islam à paz em Madri. Na capital da Espanha, manifestações foram realizadas na Praça do Sol e na estação Atocha, onde ocorreu o pior ataque terrorista no país, em 11 de março de 2004, que deixou 191 mortos.



Na capital americana
Bandeiras dos Estados Unidos e da França são erguidas durante manifestação em Washington, em frente ao
National Law Enforcement Officers Memorial



Judeus unidos
Judeus participam de homenagem às vítimas em Tel Aviv, segunda maior cidade de Israel. No país, cerca de 500 pessoas também se reuniram em Jerusalém



Apoio dos hermanos
Mulher agita a bandeira argentina durante a manifestação que reuniu centenas de pessoas em frente à embaixada da França em Buenos Aires




A revista jesuíta Etudes, criada em 1956, deu ontem uma amostra de apoio à Charlie Hebdo ao republicar charges da publicação satírica francesa. Um dos desenhos mostra o papa Francisco no Rio de Janeiro, com uma fantasia de carnaval (D). Outra charge exibe Cristo crucificado (E), diante de cardeais. ;Outra eleição fraudada; é o título. ;Venham me buscar, quero votar;, afirma Cristo, no desenho, em alusão ao conclave.



Ministro alemão faz apelo
O ministro da Justiça da Alemanha pediu ao movimento Pegida, crítico da ;islamização; na Europa, que desista da manifestação prevista para hoje em Dresden (leste) por achar que a facção não tem o direito de explorar os ataques ocorridos em Paris. ;Se os organizadores tiverem um mínimo de decência, cancelarão as manifestações;, afirmou o social-democrata Heiko Maas ao jornal Bild. ;As vítimas (dos ataques em Paris) não merecem ser instrumentalizadas por agitadores;, acrescentou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação