Curtas

Curtas

postado em 24/01/2015 00:00
 (foto: NBC News/Reprodução)
(foto: NBC News/Reprodução)


; CUBA
SUBSECRETÁRIA
DOS EUA RECEBE
DISSIDENTES

A chefe da diplomacia americana para a América Latina, Roberta Jacobson, se reuniu ontem com vários dissidentes cubanos em Havana, um dia após ter participado das primeiras negociações de alto nível entre os dois países em 35 anos. Jacobson, que também visitará o cardeal cubano Jaime Ortega, foi anfitriã de um ;café da manhã de trabalho; que contou com a presença de sete dissidentes, entre eles Martha Beatriz Roque, Miriam Leiva, José Daniel Ferrer e Elizardo Sánchez. Críticos da aproximação entre Washington e Havana, como Guillermo Fariñas e Antonio González-Rodiles, compareceram ao encontro. ;A reunião foi muito cordial. Não posso falar por toda a sociedade civil cubana, mas eu estou satisfeito com a posição diplomática norte-americana e com a democracia dos EUA em seu sentido plural;, disse Elizardo Sánchez, líder da Comissão Cubana de Direitos Humanos. O encontro ocorreu na residência do chefe da Seção de Interesses (Sina), que opera na ausência da embaixada.

; INÉDITO
IGREJA DA
INGLATERRA
GANHA BISPA



Libby Lane (foto) toca saxofone, é casada, tem dois filhos e torce pelo Manchester United. No entanto, a maior curiosidade a seu respeito é que, a partir de segunda-feira, ela se tornará a primeira bispa da Igreja da Inglaterra. Lane, cujo nome completo é Elizabeth Jane Holden Lane, foi ordenada sacerdote em 1994, no mesmo dia que o marido, em uma das primeiras ordenações de uma mulher. Depois de amanhã, ela será consagrada bispa de Stockport, no centro da Inglaterra, em uma cerimônia na Catedral de York, a qual reivindica ser o maior templo glótico do norte da Europa. Lane estudou teologia na Universidade de Oxford e desde 2007 atuava como vigária da diocese de Chester, na região de Manchester, centro da Inglaterra. Não será a primeira bispa anglicana, mas a primeira da Igreja da Inglaterra, a igreja mãe desta confissão fundada em 1534 pelo rei Henry VIII.


; UCRÂNIA
REBELDES VÃO
MANTER AMPLA
OFENSIVA

Os rebeldes pró-russos do leste da Ucrânia prometeram prosseguir com uma ampla ofensiva após um dia sangrento marcado pela tomada do aeroporto de Donetsk. Por sua vez, Kiev sustenta que reagrupou suas forças para repelir a agressão russa. ;Não haverá, da nossa parte, tentativas de negociar trégua com autoridades ucranianas;, declarou o ;presidente; da autoproclamada república de Donetsk, Alexander Zakharchenko. Ele afirmou que vai ;lançar uma ofensiva nas fronteiras da região de Donetsk;.


; IRÃ
WASHINGTON VÊ
50% DE CHANCE
DE ACORDO

A Casa Branca admitiu que as chances de se alcançar um acordo para deter o programa nuclear do Irã são de 50%. ;A probabilidade de êxito das negociações é de 50%;, disse o porta-voz, Josh Earnest. A Casa Branca defende dar tempo às negociações, para que elas tenham sucesso. Mas teme que o diálogo seja usado pelo Irã como ;pretexto; para aliviar a pressão diplomática. O dia 1; de julho é a data-limite para um acordo.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação