Audiência marcada

Audiência marcada

postado em 24/01/2015 00:00

Marcelo de Oliveira aguardava julgamento na Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. Estava preso em uma cela de segurança máxima na Penitenciária Odenir Guimarães, que deixou por volta das 22h de terça-feira. O mandado de prisão expedido quarta-feira pela juíza Wanessa Rezende Fuso Brom trata de um crime de roubo, agravado por lesão corporal grave, ocorrido em 2011.


A audiência desse caso foi marcada para as 9h de 11 de março de 2015, segundo o processo. De acordo com a assessoria de Comunicação da Justiça Federal, como o documento de prisão só foi expedido ontem, nada constava dos registros que pudesse impedir o cumprimento da decisão dos desembargadores da 4; Turma, em Brasília, na noite de terça-feira.

Prazo
A justificativa apresentada pelo advogado do traficante foi que ele passara do tempo máximo sem qualquer decisão sobre o caso. Preso preventivamente em 9 de maio de 2014, o caso passou por pelo menos três delegacias e tramitou na Justiça estadual antes de chegar à federal. Segundo o advogado Janderson Silva, o excesso de prazo foi causado pela falta de comunicação entre os policiais que investigaram o caso. ;Passaram-se mais de oito meses, sendo que o prazo máximo seriam seis, e nenhum processo foi concluído;, alega o defensor. A Polícia Civil de Goiás informou que o inquérito foi concluído 60 dias após a prisão do acusado e remetido ao Poder Judiciário dentro do prazo legal.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação