Grita geral

Grita geral

postado em 24/01/2015 00:00

Banco do Brasil

Nome trocado e CPF errado

O leitor Oscar Akio Nawa conta sobre o problema que teve com o Banco do Brasil há mais de um mês. Segundo o leitor, há alguns anos, a mulher dele, Takako, passou a figurar como marido de uma outra pessoa, com endereço e dados errados. O leitor acredita que a situação ocorreu porque o nome de Takako termina em ;o;. Com a alteração dos dados, Oscar foi pacientemente levar os documentos até o banco para recompor o cadastro. Porém, recentemente, ele e a mulher passaram por mais uma situação de desgaste. No lugar do CPF de Takako, constava o CPF de Oscar. O leitor foi até o banco novamente para corrigir o erro, mas demorou várias semanas até que uma funcionária informou que as alterações haviam sido feitas e estava tudo certo. Porém, recentemente, Oscar recebeu uma remessa do exterior e o funcionário não conseguiu creditar o valor a conta dele, pois o erro do CPF trocado de Takako persistia e o depósito não poderia ser realizado.

; O BB informa que entrou em contato com a cliente para esclarecer o ocorrido e coloca-se à disposição para outros esclarecimentos que se fizerem necessários, pessoalmente ou por outros canais de atendimento. ;O BB agradece a cliente pelo registro, uma vez que trabalhamos continuamente para melhorar nossos produtos, serviços e processos;.

UnB
Universidade no escuro
A estudante de farmácia Simone Pereira, 27 anos, reclama da falta de iluminação na Universidade de Brasília. Segundo a leitora, que faz o curso no período noturno, os estacionamentos que dão acesso a lugares ao Bloco de Salas de Aula Sul (BSA) e à Faculdade de Saúde estão sem iluminação. Ainda de acordo com Simone, o índice de roubos é muito grande. Alunos como Simone, que usam o transporte público, são obrigados a fazer o percurso até a parada no escuro. A leitora afirma que os postes existem ao longo do trajeto, porém, as luzes não funcionam.

; A administração da UnB reconhece que existem locais cuja iluminação é deficiente, principalmente em estacionamentos provisórios criados porque muitas pessoas paravam de qualquer jeito, impedindo a circulação de ônibus e colocando em risco os pedestres. O estacionamento do BSA Sul é um deles. No entanto, existem outros locais próximos que reúnem todas as condições de pavimentação, demarcação de vagas, iluminação etc. Há cerca de dois meses, entrou em operação o novo esquema de segurança, que conta com rondas realizadas por viaturas e motocicletas. ;É possível que alguns percursos ainda necessitem de melhorias na iluminação, mas essa não é uma situação generalizada. Ressaltamos que a UnB já realizou certame licitatório para aquisição de material para reforçar os sistemas de iluminação;, diz em nota.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação