Cuidado com aquilo que deseja

Cuidado com aquilo que deseja

Em Caminhos da floresta, personagens de contos de fadas descobrem que a realidade é muito diferente dos sonhos. Filme está em cartaz

» ANA PAULA CORRADINI ESPECIAL PARA O CORREIO
postado em 24/01/2015 00:00
 (foto: Fotos: Estúdios Disney/Divulgação)
(foto: Fotos: Estúdios Disney/Divulgação)

Era uma vez, uma menina que foi entregar doces para a vovozinha... Não, espera; a história é de uma moça que vivia com a madrasta que era uma perua do mal... É, quer dizer, na verdade, tudo começa quando João acaba vendendo uma vaca inteirinha por apenas cinco feijões, que eram tão mágicos quanto o feitiço da mãe da Rapunzel, que... Nossa, que confusão! Mas é mais ou menos assim que começa Caminhos da floresta, musical repleto de contos de fadas que estreia por aqui na próxima quinta-feira (29). Saiba mais sobre essa floresta mágica aqui.


Tudo por uma família
Na verdade, mesmo misturando todos esses contos, Caminhos da floresta começa com a história do padeiro e sua mulher, que sonham em ter um filhinho. Acontece que a ela não consegue ficar grávida por causa de um feitiço que a Bruxa lançou sobre a casa deles, muitos anos antes, quando pegou o pai do padeiro no flagra roubando seu jardim. Depois de muita insistência do casal, a Bruxa finalmente diz que vai acabar com o feitiço, mas só depois que os dois trouxerem para ela todos os itens de uma lista muito especial: uma vaca branca como leite, uma capa vermelha como sangue, uma mecha de cabelo amarelo como milho, e um sapatinho tão puro como ouro. Hum... Essa listinha fez você se lembrar de alguma história?

É assim que o casal sai pela floresta e acaba trombando com a Chapeuzinho, o João (do Pé de Feijão), a Cinderela e a Rapunzel (e até os respectivos príncipes das moçoilas) para realizar o sonho de serem pais.


Eu desejo...
O que o padeiro e a mulher não sabem é que, com essa lista de itens mágicos, a Bruxa vai ter em mãos tudo o que precisa para reverter outro feitiço muito mais importante para ela. O que será, hein?

Ao acompanhar a história, a gente acaba conhecendo um ;lado B; dos contos de fadas ; e aprende que, na verdade, nem todo mundo vive feliz para sempre ; ou pelo menos, o tempo todo. Será que o padeiro e sua mulher vão se dar bem como pais? Será que Cinderela queria mesmo morar no castelo do príncipe (e com ele)? A Rapunzel seria mesmo mais feliz fora da torre? E o que aconteceu depois que João finalmente derrotou o gigante? Mistério!



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação