Pelo atribuído a pé-grande é de urso-marrom

Pelo atribuído a pé-grande é de urso-marrom

postado em 17/03/2015 00:00
 (foto: Robin Boustead - 16/6/09 )
(foto: Robin Boustead - 16/6/09 )



Durante anos, a falta de uma explicação científica para os relatos sobre o abominável homem das neves, ou pé-grande, manteve acesa a polêmica sobre a existência ou não da estranha criatura, que habitaria a região do Himalaia, na Ásia. Então, no ano passado, uma análise feita pelo geneticista Bryan Sykes em amostras de pelo atribuídas a pés-grandes buscava dar uma resposta à questão. No entanto, a pesquisa feita pelo especialista da Universidade de Oxford (Inglaterra) estava apenas abrindo uma nova controvérsia.

Sykes e colegas afirmaram que o DNA mitocondrial de duas das amostras tinha 100% de coincidência com o de um fóssil de urso-polar que viveu há 40 mil anos. O resultado, diziam os cientistas, indicava que uma espécie de urso ainda desconhecida que deveria viver no Himalaia e poderia ser um dos fatores a estimular a lenda do abominável homem das neves. Pouco depois, contudo, um outro estudo ; conduzido por C.J. Edwards and R. Barnett ; questionou os resultados e afirmou que o material analisado era compatível com ursos-polares atuais. Ou seja, o pé-grande seria, na verdade, um urso-polar.

Agora, um novo estudo chega para contradizer os dois anteriores. O biólogo evolucionista venezuelano Eliécer E. Gutiérrez e o zoologista americano Ronald H. Pine utilizaram o mesmo método de sequenciamento do DNA mitocondrial e concluíram que os pelos analisados podem ser tanto de um urso-polar quanto de um urso-marrom comum.

Para Gutiérrez, porém, a questão não está encerrada. ;Um estudo sobre a variabilidade genética e morfológica de populações de ursos-pretos da Ásia ainda deve ser conduzido e deve trazer outros resultados empolgantes;, afirmou o especialista, cujo estudo foi publicado na revista ZooKeys.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação