Tantas palavras

Tantas palavras

Por José Carlos Vieira Esta seção circula de terça a sexta / cartas: SIG, Quadra 2, Lote 340 / CEP 70.610-901
postado em 17/03/2015 00:00

Vidas Secas

O mundo é grande

nenhuma palavra é minha

dor é um vocábulo vazio

urubus em círculos

sonho cortado a facão

ossadas nas veredas

nelas uma baleia

o inferno existe sim

é um cárcere uma catinga

está dentro e for a de mim

o dia uma emboscada

mais nada a perder

ninguém carece de confiança

habitando terra alheia

decifrando garranchos pegadas

sempre de passagem

nesse seco de linguagem

que antes foi meu coração

um dia aprendo a falar

Rodrigo Garcia Lopes, do livro Ex periências Ex traordinárias (Kan editora)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação