Vitória dos atletas

Vitória dos atletas

postado em 19/03/2015 00:00

Recebidos por representantes da Casa Civil, integrantes do movimento aprovaram o texto da MP. ;Todas as propostas do Bom Senso estavam contempladas, com ainda mais detalhes incluídos pelo próprio governo;, afirmou o diretor executivo do Bom Senso, Ricardo Borges Martins.

As maiores divergências continuam sendo a obrigatoriedade de investimentos no futebol feminino e a inclusão das federações e da CBF no artigo 18-A da Lei Pelé, que prevê medidas de transparência, como a limitação de mandato em quatro anos e apenas uma reeleição. ;Sobre o futebol feminino, isso pode ser definido na regulamentação. Há possibilidade de ser obrigatório ou não. Mas, mesmo se for obrigatório, não haverá grandes problemas para os clubes cumprirem;, diz Eduardo Bandeira de Mello.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação