Sr. Redator

Sr. Redator

postado em 03/04/2015 00:00

Maioridade penal
Parabenizo o jornalista Renato Alves pelo artigo ;Jovens, ódio e irracionalidade; (2/4), em que aborda a redução da maioridade penal. Os dados são irrefutáveis. A decisão dos deputados, a meu ver, é parte de projeto político urmenos favorecidos economicamente devem ser alijados de qualquer benefício do desenvolvimento brasileiro. Levar os jovens para a cadeia é justificar, no futuro, a adoção da pena capital e, assim, dar legitimidade ao genocídio, como tentam fazer com os povos indígenas. Envergonho-me do nosso país, onde grassa corrupção e os retrocessos são cada vez mais agressivos contra os são seres humanos. A decisão mostra o total descompromisso dos partidos com a infância e os jovens. O que fará um desses ignóbeis parlamentares quando um filho deles cometer um delito?
; Eudália Alvarenga, Lago Sul

Credibilidade
A presidente Dilma disse: ;O Brasil está enfrentando algumas dificuldades, mas são dificuldades passageiras;. Não dá para enganar o povo, senhora presidente. Até as criancinhas sabem que o Brasil agoniza numa UTI, onde os cilindros de oxigênio estão vazios. Não são algumas dificuldades, a situação do país é periclitante e não dá para acreditar que, em breve, estará tudo no lugar. Basta de patacoada. Vou aproveitar para fazer uma pergunta à cúpula petista: Será que o ex-presidente Lula está caducando? Li notícia de que ele vai viajar o Brasil conclamando a militância petista a se reorganizar e a gritar em defesa da presidente Dilma. É bom que ele saiba que os militantes, que em outros tempos defendiam o Partido dos Trabalhadores, botaram fogo na bandeira da sigla e, hoje, morrem de vergonha de tudo que está acontecendo. Viaja não, Lula.
; Jeovah Ferreira, Taquari


Petrobras
Com toda sinceridade e sem qualquer tipo de paixão partidária ao tomar conhecimento do ato do Partido Trapalhão, em prolda defesa da Petrobras, fiquei chocada com a petulância adotada e descrita pela imprensa. Realmente, é um descaramento que enoja qualquer ser humano pensante e honesto. Parece que aquele cara transvestido do falecido ditador da Venezuela tem miolos entupidos ou qualquer outro desvio de nascença, pois são inacreditáveis a arrogância e o menosprezo por todos brasileiros ao dirigir inverdades, na ânsia de defender causa ilícita indefensável e os envolvidos até o pescoço no rombo do petrolão.
; Yêda Rios, Lago Norte

Parlamentarismo
Com o fortalecimento súbito do Congresso, está nascendo o embrião do parlamentarismo, apoiado por muitos e maximamente por um ex-presidente. Mas para que o embrião não seja abortado é preciso que o ex-ministro da Educação volte à Câmara e dê nome aos bois (achacadores). Os que não forem citados seriam número mais do que suficiente para o parlamentarismo.
; Doraci Amboni, Lago Sul

Acima da lei
O cidadão Luiz Estevão não se emenda, depois de tudo que fez metendo as mãos no dinheiro público, desmoralizando os brasilienses honestos e colocando Brasília em situação vexatória. Julgado e condenado, foi preso e cumpre pena na Papuda. Nem assim, ele demonstrar humildade. Ele se acha acima do Poder Judiciário. A Justiça tem que dar um basta a essas situações, nas quais pessoas que têm dinheiro acham que são maiores do que as leis e diferentes dos que têm menos poder aquisitivo. Afinal, as leis são para todos, independentemente da classe social.
; Evanildo Sales Santos,
Gama

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação