Baladas reunidas

Baladas reunidas

postado em 15/05/2015 00:00
 (foto: Daniel Ferreira/CB/D.A Press
)
(foto: Daniel Ferreira/CB/D.A Press )


o agitador cultural Daniel Amaro, conhecido como Spot, é um dos responsáveis pelas baladas Cineme-se, às terças, e Moranga, às quartas. ;Mesmo trabalhando durante várias madrugadas, encontro tempo para ir a bares e boates para saber o que está rolando na cidade. Estou em constante pesquisa;, explica.

Em uma dessas andanças, esbarrou com um petisco que está no topo da lista de preferidos. Trata-se da porção de batata rústica frita temperada com páprica ao molho de maionese caseira de alho (R$ 27) servida no 5uinto Bar.

A chef Marcela Samorano revela um truque no preparo: ;As batatas são fritas e imersas em óleo bem quente acrescido de alho frito e alecrim, que dão um perfume extra a elas.;

Para harmonizar, um clássico revistado: Spice Bloody Mari (R$ 24), servido em três shots que mudam na intensidade do sabor. A bebida leva vodca, suco de tomate, sal, molho inglês e pimenta-do-reino.

Uma das novidades da carta é o Arquipélago (R$ 18), com uísque Jack Daniel;s, sucos de limão e de maçã mais marmelada de manga. A bebida foi criada especialmente para o DJ paulista Gui Boratto, que conheceu a casa em visita a Brasília.

Exclusivos

Quando abriu as portas, há cinco meses, o 5uinto oferecia um cardápio em que prevalecia petiscos com assinatura do chef e consultor André Batista (da Cacciatore Charcutaria e El Manfredo). Hoje, apresenta quitutes assinados exclusivamente pela chef Marcela Samorano, como o sanduíche do 5uinto, com lagarto ao molho de cerveja preta, queijo maasdam e batata palha feita na casa (R$ 20).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação