Fora do Plano

Fora do Plano

Cidade-parque, cidades-parques

postado em 18/05/2015 00:00
 (foto: Hiram Vargas/Esp. CB/D.A Press - 9/2/09)
(foto: Hiram Vargas/Esp. CB/D.A Press - 9/2/09)





Quando se pensa em parque na capital dos verdes vazios logo vem a imagem do Parque da Cidade, do Parque Olhos d;Água, da Água Mineral, do Parque de Águas Claras, do Parque do Dom Bosco. Quase ninguém se dá conta de que a cidade-parque é democrática na distribuição de áreas ecológicas para lazer em quase todas as cidades-satélites. Só não é democrática, bem ao contrário, no cuidado com esse território da escala bucólica de Brasília.

Há parques históricos, pioneiros, parques inesperados. É o caso do Parque do Riacho Fundo, que abriga uma mesa que, diz a lenda, teria sido usada por Juscelino Kubitschek em suas visitas à Granja do Ipê. Ou o Parque Três Meninas, em Samambaia, que tem esse nome por conta das três casinhas de boneca das três irmãs que moravam na chácara em tempos remotos. Ou o Parque Denner, entre o Polo de Modas e o Condomínio Bernardo Sayão, no Guará 2. Pequena área verde com nascente, peixes, tartarugas, pista de cooper, quadras de esporte ;; e um certo abandono.

Levantamento de 2013 conta 72 parques pontilhando de verde desde o Lago Sul até a Estrutural, desde o Sudoeste até o Itapoã. Na publicação Guia de Parques do Distrito Federal, consta que 33 dessas áreas estão em condições de uso. O Parque Tororó, em Santa Maria, é frequentado pelos brasilienses desde os primeiros tempos da cidade, por suas quedas d;águas típicas do cerrado.

Cachoeiras, nascentes, veredas, escadarias de pedras, flores, bichos e árvores do cerrado, os parques são a lembrança do que era o quadradinho antes de se transformar em área urbana. Lucio Costa, quando projetou a cidade, reverenciou o que nela havia antes de ela existir. Pois veja como ele conclui o relatório do Plano Piloto de Brasília: ;De uma parte, técnica rodoviária; de outra, técnica paisagística de parques e jardins;. E, como uma epígrafe, no fim do texto: ;Brasília, capital aérea e rodoviária; cidade parque. Sonho arquissecular do Patriarca;.






VERDE CERRADO

Guará
Parque Ezechias Heringer, Parque Denner e Parque Bosque dos Eucaliptos

Riacho Fundo
Parque do Riacho Fundo

Gama
Parque Urbano do Gama, Parque Recreativo do Gama e Parque Ponte Alta do Gama

Águas Claras
Parque de Águas Claras

Recanto das Emas
Parque Recanto das Emas

Santa Maria
Parque do Tororó

Ceilândia
Parque do Setor O, Parque Corujas, Parque Rio Descoberto e Parque Lagoinha

Taguatinga
Parque Saburo Onoyama, Parque Lago do Cortado, Parque Recreativo de Taguatinga, Parque Boca da Mata, Parque Irmão Afonso Hauss e Taguaparque

Brazlândia
Parque Veredinha (Brazlândia)

Parque Areal

Sobradinho
Parque Canela de Ema, Parque dos Jequitibás

São Sebastião
Parque São Sebastião

Paranoá
Parque Urbano do Paranoá, Parque da Cachoeirinha, Parque das Esculturas e Parque dos Pinheiros

Núcleo Bandeirante
Parque Córrego do Onça, Parque Lauro Müller, Parque Luiz Cruls e Parque Recreativo do Núcleo Bandeirante

Planaltina
Parque Sucupira, Parque dos Pequizeiros, Parque da Cachoeirinha, Parque das Esculturas, Parque dos Pinheiros, Parque Estância, Parque Colégio Agrícola de Brasília, Parque do DER, Parque Cachoeira do Pipiripau, Parque Retirinho e Parque Lagoa Joaquim de Medeiros

Samambaia
Parque Três Meninas, Parque Gatumé

Santa Maria
Parque Santa Maria

Varjão
Parque Vila Varjão

Estrutural
Parque da Estrutural

Fonte: Guia de Parques do Distrito Federal, Ibram, 2013

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação