Tensão no Vasco

Tensão no Vasco

postado em 10/06/2015 00:00
 (foto: Marcelo Sadio/Vasco)
(foto: Marcelo Sadio/Vasco)

O Vasco perdeu os três últimos jogos no Campeonato Brasileiro, sendo o mais recente por 2 x 0 para o Atlético-PR, sofreu oito gols nesses confrontos e não marcou nenhum. Com três pontos, está mergulhado na zona de rebaixamento e, ao lado do lanterna, Joinville, é o único que ainda não conseguiu ganhar na competição. O ambiente não poderia ser outro que não de tensão em São Januário. Ontem, um princípio de tumulto acabou tornando o clima ainda pior.


Cerca de 30 minutos antes do treino, 40 torcedores, a maioria ligada a facções de torcidas organizadas, tentaram entrar em São Januário para ter acesso aos jogadores. Com quatro carros da Polícia Militar parados no local, além dos seguranças do clube, os torcedores deram a volta no estádio e tentaram entrar pelo setor da imprensa. Houve uma pequena confusão, mas sem feridos. Os jogadores deixaram o clube por uma saída diferente da usual.


Para piorar a situação, o meia Bernardo se envolveu em uma polêmica ao responder a provocações em redes sociais e chamar torcedores para a briga. O clube suspendeu o jogador. Ele não viajou com o grupo a Mangaratiba, onde o elenco treinará nesta semana. ;Estamos analisando a situação dele;, afirmou o gerente de Futebol, Paulo Angioni.
Outro alvo da torcida, o meia Marcinho nem sequer apareceu no treino e teve o contrato rescindido. Já o zagueiro Douglas Silva, que chegou a aparecer na Colina, mas nem colocou uniforme, foi liberado e deverá ser anunciado pelo Joinville. Segundo Angioni, os dois pediram para deixar o clube.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação