Ministros batem cabeça, diz Aécio

Ministros batem cabeça, diz Aécio

Juliana Cipriani
postado em 14/06/2015 00:00
 (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

Belo Horizonte ; O presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, chamou neste sábado o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) de tragédia e afirmou, ao chegar na convenção regional tucana na capital mineira, que ela não tem mais confiança e credibilidade para fazer o Brasil voltar a crescer. Segundo ele, o povo paga a conta dos erros do partido e isso aumenta a responsabilidade dos tucanos de se prepararem para retomar o poder em Minas Gerais e na Presidência da República. ;Vejo que o Brasil não tem governo.;

O tucano também criticou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por, no congresso do PT em Salvador, ter transferido para a mídia a culpa pela insatisfação da população com o partido. ;Hoje, o PT sofre as consequências da maldita herança que ele próprio deixou para si. No momento em que o PT abandona os interesses do país, ao não fazer as correções que precisariam ter sido feitas ao longo dos anos, para se preocupar única e exclusivamente em vencer eleições, ele transfere às famílias brasileiras o preço mais alto dessa conta;, afirmou o senador.

Questionado sobre a possibilidade de o Executivo voltar com o imposto da saúde, a CPMF, Aécio disse que os ministros de Dilma têm batido cabeça e a presidente opta por dizer que o cenário econômico no país é fruto de uma crise internacional que não existe.

Sobre o cenário em Minas Gerais, o presidente do PSDB disse esperar que o governador Fernando Pimentel (PT) comece a governar. O tucano disse que, por estar ;perplexo; com a obra tucana em Minas, a nova gestão só sabe olhar no retrovisor.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação