Favorita, Argentina tropeça

Favorita, Argentina tropeça

postado em 14/06/2015 00:00
 (foto: Juan Mabromata/AFP
)
(foto: Juan Mabromata/AFP )

Em partida emocionante, a Argentina de Lionel Messi tropeçou na estreia na Copa América, empatando por 2 x 2 com o valente Paraguai, ontem, na estreia na competição, em La Serena, no norte do Chile.

A Argentina, que há 22 anos não conquista um título internacional, abriu o placar logo aos 27 minutos do primeiro tempo com Sergio Agüero, que aproveitou uma bobeada da zaga paraguaia para driblar o goleiro e empurrar a bola para o fundo das redes. Aos 35, Messi deixou o dele cobrando pênalti polêmico sofrido por Angel Di María. O craque chegou ao seu 56; gol com a camisa da seleção argentina. Agora, ele está a 10 do recordista Gabriel Batistuta, maior artilheiro da Argentina.

No segundo tempo, o Paraguai reagiu, diminuindo com Haedo Valdez, num belo chute de fora da área, aos 13 minutos e empatando com Lucas Barrios, numa finalização de primeira, aos 43. Argentino, naturalizado paraguaio, o atacante já teve seu nome ligado ao Palmeiras nesta temporada.

Com o empate, Argentina e Paraguai ficam na segunda colocação do Grupo B com um ponto, atrás do líder Uruguai, que derrotou os Reggae Boys da Jamaica por 1 x 0. Apesar do resultado expressivo, o técnico Ramón Diaz continua sem saber o que é vencer no comando do Paraguai. A próxima chance será contra a Jamaica.

Na próxima rodada, na terça-feira, argentinos e uruguaios farão o clássico do ;Rio da Prata;, enquanto os paraguaios encaram a Jamaica.

FICHA TÉCNICA

Argentina 2
Romero; Roncaglia, Otamendi, Garay e Rojo; Mascherano, Banega (Biglia), Pastore (Tevez) e Messi; Agüero (Higuaín) e Di María
Técnico: Gerardo Martino

Paraguai 2
Silva; Martin Cáceres, Aguilar, Paulo da Silva e Samúdio; Victor Cáceres, Ortigoza, Ortiz (González) e Valdéz; Santa Cruz (Barrios) e Bobadilla (Benítez)
Técnico: Ramon Díaz

Gols: Aguero, aos 28, e Messi, aos 35 minutos do primeiro tempo; Valdéz, aos 14, e Lucas Barrios, aos 44 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Roncaglia, Otamendi, Aguilar e Ortiz
Público e renda: não divulgados
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação