Final de 2011 reeditada

Final de 2011 reeditada

postado em 20/06/2015 00:00


O jogo mais emocionante do dia certamente merecia um estádio melhor que o de La Serena, com capacidade para apenas 18 mil torcedores e até agora apontado como uma das sedes mais problemáticas da Copa América no quesito organização. O clássico Uruguai x Paraguai, reedição da final do torneio em 2011, pode eliminar uma das duas seleções ainda na fase de grupos ; como ninguém imagina que a Argentina vá perder pontos para a Jamaica, o duelo se tornou um confronto direto.

O Paraguai soma quatro pontos. O Uruguai, três. ;Para nós, essa partida é uma decisão. Não queremos esperar a definição dos demais grupos para saber se vamos ou não avançar como o melhor terceiro colocado. A nossa grandeza não permite isso;, discursou Óscar Tabárez, técnico da celeste olímpica.

Se o Uruguai pensa em chegar à final, o Paraguai adota o discurso de que vai jogar com o regulamento debaixo do braço, atuando em busca de um empate. ;Temos de jogar com a inteligência de quem entra em campo classificado e para avançar precisa apenas não cometer erros. Estamos bem preparados;, avisou o argentino Ramón Díaz, treinador do Paraguai.

Em termos de escalação, o Uruguai vai promover três mudanças em relação ao jogo contra a Argentina, mas apenas uma delas é forçada: o zagueiro Sebastián Coates ocupará a vaga de
Diego Godín, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. Já o meia Carlos Sánchez e o atacante Abel Hernández ganham nova oportunidade nas vagas de Nicolás Lodeiro e Cristian Rodríguez, respectivamente.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação