Curtas - 20

Curtas - 20

postado em 30/06/2015 00:00
 (foto: STJ/Divulgação)
(foto: STJ/Divulgação)

; JUSTIÇA
Habeas corpus
em papel
higiênico

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) recebeu um pedido de liberdade redigido em papel higiênico. O habeas corpus foi enviado ao tribunal, por meio dos Correios, por um preso que cumpre pena no Centro de Detenção Provisória (CDP), em Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo. No pedido, Paulo Ricardo Costa de Morais alega que sofre constrangimento ilegal por ter cumprido metade da pena e continuar no regime fechado. O detento garante que preenche todos os requisitos para passar para o regime semiaberto. Morais foi condenado a quase 12 anos de prisão por furto e estelionato. De acordo com o preso, o pedido de progressão foi negado pela Justiça de São Paulo, que não apresentou ;justificativa idônea;. O habeas corpus foi distribuído para o ministro Reinaldo da Fonseca. Em abril, o STJ registrou o primeiro pedido de liberdade redigido em papel higiênico. Em 2014, a Corte recebeu a mesma solicitação, mas em um pedaço de lençol.


; MOBILIZAÇÃO 2
2 toneladas
DE DOAÇÕES
recebidas

Uma parceria entre o Instituto Bancorbrás e o Instituto Sabin arrecadou mais de duas toneladas de doações, o que significa um recorde com relação ao ano passado, quando a campanha somou uma tonelada. Entre os itens arrecadados estão cobertores, agasalhos, sapatos e roupas. Os donativos atenderão 36 instituições em 13 cidades brasileiras, ainda neste inverno. Das entidades beneficiadas, 23 ficam em Brasília e no Entorno. Os donativos serão destinados a abrigos para crianças, adolescentes e idosos, casas de recuperação, creches e casas de acolhimento.


; SEGURANÇA PÚBLICA
POLICIAIS DE
CUSTÓDIA DE
VOLTA À CIVIL

A Subsecretaria do Sistema Penitenciário encaminhou 188 policiais de custódia ; responsáveis pela segurança de presos ; à Polícia Civil do DF. Os agentes prestaram concurso público para o sistema penitenciário, mas pertencem à corporação. Esses agentes deixam de atender nas unidades prisionais e passam a desempenhar atividades investigativas.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação