Críticas de Barbosa

Críticas de Barbosa

» EDUARDO MILITÃO
postado em 01/07/2015 00:00
 (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press - 1/7/14)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press - 1/7/14)




O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa criticou a presidente Dilma Rousseff, que afirmou não ;respeitar; a palavra de um delator, e comparou-a aos períodos da ditadura militar e da Inconfidência Mineira. Em resposta, o ex-relator do mensalão lembrou que o mecanismo da colaboração premiada é previsto em lei e que um presidente da República deve defender a legislação brasileira.

;Caberia à assessoria informar à presidente que: atentar contra o bom funcionamento do Poder Judiciário é crime de responsabilidade!”, alertou Joaquim Barbosa, no Twitter, na noite de segunda-feira. ;Há algo profundamente errado na nossa vida pública. Primeiro: nunca vi um chefe de Estado tão mal-assessorado como a nossa atual presidente.;

Barbosa enfatizou que Dilma estava atacando a delação premiada, prevista na lei brasileira. ;A Constituição não autoriza o presidente a ;investir politicamente; contra as leis vigentes, minando-lhes as bases.;

O ministro aposentado disse que, caso a presidente não concorde com alguma lei, a Constituição permite que ela vete um texto vindo do Congresso ou ajuíze uma ação no Supremo. ;Assessoria da presidente deveria ter lhe informado o significado da expressão ;law enforcement;: cumprimento e aplicação rigorosa das leis.; Segundo o ministro aposentado, a Operação Lava-Jato revela problemas com o financiamento da política. ;Vocês estão vendo o estrago que a promiscuidade entre dinheiro de empresas e a política provoca nas instituições?;



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação