Promessa de pagamentos

Promessa de pagamentos

postado em 01/07/2015 00:00
O governo federal prometeu ontem regularizar os pagamentos do Programa Minha Casa Minha Vida. A proposta, apresentada em reunião com empresários na Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), é de quitar R$ 600 milhões no início do próximo mês, o que resolverá parte das dívidas.

Além disso, haverá readequação do cronograma de projetos cujas obras tenham menos de 70% de execução. A meta é regularizar todas as pendências com as empresas até meados de agosto. Novas contratações estão descartadas.

;O governo nos dá um sinal de que deseja solucionar os problemas, vamos aguardar;, disse o presidente da CBIC, José Carlos Martins. ;Marcamos outra reunião para daqui 30 dias. Vamos reavaliar o cenário.;

R$ 1,6 bi atrasados
De acordo com as regras propostas pelo governo, as medições das obras do programa passarão a ser pagas com prazo de 30, 45 e 60 dias, de acordo com o porte da empresa. O programa tem um estoque de R$ 1,6 bilhão em pagamentos atrasados, o que tem criado dificuldades para as empresas do setor. Há uma semana, as negociações entre o governo e empresários se intensificaram. ;Nosso setor depende de planejamento e previsibilidade. Levamos isso ao governo. Temos esperança de que essa sinalização seja efetiva;, disse o presidente da CBIC.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação