Salário menor paga menos IR

Salário menor paga menos IR

postado em 23/07/2015 00:00

A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei que estabelece um reajuste escalonado da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física. A nova regra vale para o ano calendário de 2015, ou seja, será usada nas declarações do IR a serem feitas em 2016. A tabela já estava em vigor desde abril, quando foi baixada por medida provisória, e estabelece que são isentos do tributo os rendimentos mensais até R$ 1.903,98.

O Congresso havia decidido corrigir todas as faixas de renda em 6,5% com o objetivo de amenizar o peso do IR sobre os contribuintes. Dilma, no entanto, vetou a medida, argumentando que ela provocaria um impacto de R$ 7 bilhões nas contas da União somente este ano. O governo queria limitar o reajuste a 4,5%, percentual igual à meta de inflação.

Para que o veto não fosse derrubado pelos parlamentares, o Planalto negociou uma solução intermediária com o Legislativo. Assim, foram definidas correções diferentes para cada faixa de renda. Com esse critério, quem ganha menos será beneficiado com um alívio maior na tributação. A correção de 6,5% valerá para as primeiras duas faixas de renda. O reajuste será de 5,5% na terceira faixa e de 5% quarta. Na quinta, foi aplicado o percentual de 4,5%.

Mesmo com uma correção mais elevada, em média, os contribuintes estão sendo penalizados neste ano, já que a inflação subiu muito mais do que o previsto pelo governo, ultrapassando a marca de 9% em 12 meses, deixando os valores completamente defasados.


  • Leão faminto
    Veja a tabela do Imposto de Renda (em R$)

    Faixa de renda Alíquota (%) Parcela a deduzir
    Até 1.903,98 isento ;
    De 1.903,99 a 2.826,65 7,5 142,80
    De 2.826,66 a 3.751,05 15,0 354,80
    De 3.751,06 a 4.664,68 22,5 636,13
    A partir de 4.664,68 27,5 869,36

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação