Repertório especial

Repertório especial

postado em 23/07/2015 00:00
 (foto: Arquivo Pessoal)
(foto: Arquivo Pessoal)


Há uma palavra na língua yaghan, falada pelos índios da Terra do Fogo, para denominar uma situação em que duas pessoas trocam olhares, insinuam o desejo de se falar mas nada dizem. Mamihlapinatapai é considerada uma das maiores palavras do mundo e foi escolhida pelo coreógrafo Jomar Mesquita para dar nome à coreografia criada especialmente para a São Paulo Companhia de Dança.

Uma sequência de pas de deux dançados por quatro casais, a peça integra o repertório da primeira apresentação da companhia em Brasília, no domingo. Com músicas brasileiras e latinas como As rosas não falam (Cartola) e Te amaré y después (Silvio Rodrígues), cantada por Marina de La Riva, Mamihlapinatapai fala de encontros e desencontros. ;Para criar a peça, Jomar utilizou elementos desconstruídos da dança de salão;, adianta Inês Bogéa, diretora artística da companhia, que também dança uma adaptação do pas de deux do balé Dom Quixote, de Marius Petipa.

A peça faz parte do repertório clássico e colocá-la ao lado de uma criação contemporânea é uma das propostas da direção de Inês. ;As peças postas lado a lado estabelecem relações, criam novos sentidos. Ao mesmo tempo em que conservam suas características, assumem propriedades do presente na interpretação dos bailarinos. Todo corpo tem história, vivência, e se apropria das linguagens de maneira singular;, diz. Durante as remontagens de balés clássicos, os reflexos do passado são inevitáveis, mas eles também estão presentes nas criações contemporâneas, que se apropriam e transformam referências já consolidadas.

Russian State Ballet
Depois de passar por Brasília com Dom Quixote e Sherezade, a Russian State Ballet está de volta com O lago dos cisnes. Em turnê pelo Brasil, a companhia se apresenta hoje no Centro de Convenções com uma das peças mais clássicas do repertório de balé. Dirigida por Viatcheslav Gordeev e com bailarinos provenientes das mais importantes companhias russas.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação