Crime no Sol Nascente

Crime no Sol Nascente

postado em 08/08/2015 00:00
 (foto: Internet/Reprodução)
(foto: Internet/Reprodução)
Além de Vicente Pires, grileiros tentam ganhar dinheiro com parcelamentos irregulares em Ceilândia. Terrenos públicos localizados, por exemplo, no Condomínio Sol Nascente são anunciados em faixas estendidas ao longo da avenida principal do Setor P Norte. Lá, há ofertas tanto para o DF quanto para o Entorno: nos condomínios Pinheiro e Pinheiro 2, no Sol Nascente, e no Jardim América 3, em Águas Lindas (GO).

A delegada adjunta da Dema, Marilisa Gomes, disse que a polícia investiga a grilagem da área. ;Os condomínios Pinheiro e Pinheiro 2 já estão parcelados. E a Dema instaurou inquérito para apurar a situação nos dois locais;, afirmou. Por meio da assessoria de Comunicação, a Agefis informou não ter recebido, ainda, instruções para realizar demolições no local.

O Correio entrou em contato com um dos ditos donos de lotes no local. Por telefone, uma mulher alegou representar o Grupo Cap e colocou preço de R$ 15 mil para pagamento à vista em lote de 180 metros quadrados, em Ceilândia. No Entorno, as invasões estariam mais avançadas. De acordo com a vendedora, tudo estaria ;regularizado;. ;No Sol Nascente, sai a R$ 15 mil à vista. Em Águas Lindas, no Jardim América 3, dá uma entrada de R$ 3,5 mil e o resto parcela em 190 vezes;, explicou. ;Já está tudo escriturado e regularizado;, assegurou. (GP)



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação