CBV muda regra para Rio-2016

CBV muda regra para Rio-2016

postado em 12/09/2015 00:00


A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) comunicou ontem que mudou de planos e que anunciará na próxima quarta, no Rio, as quatro duplas que representarão o Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio-2016. Ágatha/Bárbara Seixas e Pedro Solberg/Evandro deverão ser os escolhidos a se juntarem a Larissa/Talita e Alison/Bruno Schmidt, já classificados.

Anteriormente, a CBV havia previsto a convocação para janeiro de 2016, de forma a poder utilizar mais quatro etapas do Circuito Brasileiro para observar os convocáveis. A entidade alegava que temia uma lesão ou queda de rendimento dos times escolhidos. Por isso, adiaria a escolha.

Com a antecipação, o critério principal para a escolha da segunda dupla de cada naipe no Rio passa a ser o desempenho no Circuito Mundial. E aí não há segredo. Ágatha/Bárbara são as atuais campeãs mundiais e lideram o ranking do circuito. Têm 6 350 pontos, contra 4.710 de Juliana/Maria Elisa.

No masculino, a CBV pode optar pela experiência de Ricardo e Emanuel, campeões olímpicos em 2004, mas os veteranos vêm em péssima fase. Nos últimos sete torneios, não chegaram nem às quartas de final. Em toda a temporada, não brigaram por medalha nenhuma vez. Os escolhidos deverão ser Pedro Solberg e Evandro, medalhistas de bronze no Mundial e segundos colocados do ranking olímpico da Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação