João de Deus segue internado

João de Deus segue internado

De acordo com a assessoria do médium, ele se submeteu a uma cirurgia no aparelho digestivo, mas se recupera bem. O líder espiritual mantém, inclusive, os planos de viajar aos Estados Unidos no fim do mês

MARIANA LABOISSIÈRE
postado em 12/09/2015 00:00
 (foto: Iano Andrade/CB/D.A Press)
(foto: Iano Andrade/CB/D.A Press)

O médium João de Deus, conhecido nacional e internacionalmente por realizar cirurgias espirituais em Abadiânia (GO), no Entorno do Distrito Federal, recupera-se bem de uma cirurgia no aparelho digestivo, segundo informações de assessores. Após viajar para São Paulo, no fim de agosto, a fim de fazer uma bateria de exames de rotina, o líder espírita foi diagnosticado com uma hérnia na altura do abdome e precisou ser submetido a uma cirurgia. A intervenção teria sido rápida e bem-sucedida, a ponto de a equipe médica liberá-lo para cumprir agenda em Nova York, onde deve atender cerca de 12 mil pessoas durante dois dias. A viagem está prevista para 27 de setembro e ele deve retornar à cidade goiana em 2 de outubro. Não está descartada a possibilidade de o médium atender a celebridades nos Estados Unidos, mas os nomes dos pacientes não foram revelados.
João de Deus é hipertenso e passou por procedimentos anteriores para implantes de stents em artérias do coração. A Casa Dom Inácio de Loyola, onde ele realiza os atendimentos, continua recebendo gente de todo o mundo. Na última quinta-feira, acolheu cerca de mil pessoas. Ela não fechará as portas até o retorno do líder. ;Ele passou 65 anos trabalhando de forma ininterrupta, mas precisou sossegar agora. Ele não pode ficar muito tempo sentado e, normalmente, permanece 12 horas assim. Então, precisa desse tempo;, disse Edna Gomes, assessora de imprensa do médium. Ainda segundo ela, ainda serão retirados os pontos da cirurgia, mas ele está bem-humorado e conversa com todos. João de Deus é acompanhado pela mulher e atendido pelo cardiologista Roberto Kalil Filho, médico do ex-presidente Lula.


Edna esclarece que as pessoas que chegam à Casa Dom Inácio de Loyola são aconselhadas a continuar o acompanhamento médico. Ela argumenta que o tratamento espiritual é um complemento e está associado ao clínico. ;A doutrina espírita diz que a cura necessária é a espiritual, mas, quando o corpo adoece, precisamos de auxílio. Algumas pessoas conseguem cura para doenças físicas na casa, outras não. Somos submetidos à justiça divina. Chico Xavier também teve várias dores, foi internado, e olha quantas pessoas ele ajudou;, comparou.


João de Deus é conhecido também por atender famosos. Entre os pacientes, estão o ex-presidente Lula, a apresentadora Xuxa Meneghel, a atriz Giovanna Antonelli, e a supercelebridade Oprah Winfrey, entrevistadora e dona de um canal de TV nos Estados Unidos. O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, é outro admirador do médium. Ele tem uma foto de João de Deus na parede do gabinete dele, no Palácio do Buriti. O Correio entrou em contato com o Hospital Sírio-Libanês durante a manhã e a tarde de ontem para obter mais detalhes sobre o quadro de saúde do médium, mas, até o fechamento desta reportagem, não recebeu resposta. Todas as informações foram dadas por assessores do paciente.

Devoção
Criada em 1976 por João de Deus, na cidade de Abadiânia, a Casa Dom Inácio de Loyola recebe, em média, 1,3 mil pessoas diariamente, nos três dias da semana em que as portas ficam abertas ao público. São quase 15 mil fiéis por mês, ou 190 mil por ano. Mesmo seguindo os princípios da doutrina espírita, o local funciona como hospital espiritual e templo ecumênico.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação