Maior palco do planeta

Maior palco do planeta

A partir do dia 18, o Rio de Janeiro recebe grandes nomes da música mundial na sexta edição brasileira do Rock in Rio, que comemora 30 anos de história

Diego Ponce de Leon
postado em 12/09/2015 00:00













;Não queremos pouca coisa. Queremos tornar o Rock in Rio a maior marca de música do mundo;, comentou a presidente do evento Roberta Medina, durante o lançamento de um box comemorativo que celebra os 30 anos da primeira edição do festival, em 1985. Com Katy Perry, Sam Smith, Rihanna, Elton John, Metallica, Rod Stewart, Queen, entre outros, na programação deste ano, fica difícil crer que tal feito já não tenha sido atingido.

Há três décadas, o Rock in Rio nascia pelas mãos do empresário e pai de Roberta, Roberto Medina, na capital carioca. Com cinco edições no Brasil (a sexta começa na próxima semana) e realizações paralelas nos Estados Unidos e Europa, o Rock in Rio ganhou status de maior festival de música do planeta. ;Consegui trazer todos os meus ídolos. Só faltou o Sinatra, mas esse não deu tempo;, comentou Medina, que também compareceu à festa de celebração.

Ao longo dos anos, foram muitas as mudanças. A lama e o clima Woodstock de 1985 deram lugar a uma cidade musical com ares de shopping. O próprio Medina se mostra nostálgico, nesse aspecto, e antecipou uma novidade inusitada: ;Todo mundo me pergunta da lama. Para mim, era trágico aquilo, mas virou um elemento de saudade. Então, encomendei tubos de acrílico com lama daquele terreno para serem comercializados;, contou. O inesperado souvenir será item de colecionador, já que apenas 500 exemplares serão manufaturados.

Questionado sobre a dimensão tomada pelo evento, Medina disse que, apesar da ambição inicial, não imaginava que o festival tomaria tamanha proporção. ;Eu me dei conta do que tinha feito quando, no final da primeira edição, vi as pessoas beijando a grama, chorando. Agraciados com o que tinham vivenciado.;

Entre os dias 18 e 27 de setembro, 600 mil pessoas devem experimentar sensação similar, ao som de nomes consagrados da música mundial alinhados a fenômenos recentes. Os ingressos, que custavam a partir de R$ 175, esgotaram-se em poucos dias. Em alguns casos, foi questão de horas para que as 85 mil entradas previstas para cada dia se acabassem.

Pacote de celebrações
Ainda antes do festival, o público terá a chance de entrar no clima festivo por meio do Rock in Rio 30 Anos Box Brasil, encomendado para celebrar a data especial. Em formatos de DVD, CD e box completo com livro de partituras, o material segue a premissa de intercâmbio musical promovida pelo festival e traz belos encontros entre os maiores artistas do país que já pisaram em um palco do Rock in Rio.

De forma a surpreender o fã e ouvinte, as bandas e cantores foram convidados a cantar sucessos alheios. Ninguém poderia gravar composições ou hits próprios. Pitty gravou Novos Baianos. A musa Baby do Brasil retribuiu a gentileza e registrou Semana que vem, da Pitty, e ainda atacou de Rita Lee com Agora só falta você. Cidade Negra foi de Planet Hemp. Fernanda Abreu se aventurou com Palco, de Gilberto Gil. E por aí vai. Erasmo Carlos, Frejat, Jota Quest, Dinho Ouro Preto, Marcelo D2, Paralamas do Sucesso, Skank e Paula Toller também participam.

;Minha relação com o festival é a mais íntima possível. Estou em casa e não teria como deixar de participar;, soltou Toni Garrido, ao lembrar que ele passou por quase todas as edições do evento, inclusive, no exterior. ;Só não estive na Espanha. Em todas as outras iniciativas, marquei presença;. No disco, Toni entoou Legalize já, do Planet Hemp, e Fazendo música, jogando bola, de Pepeu Gomes.

Falando em Pepeu e Novos Baianos, Baby do Brasil era só alegria durante o lançamento. A cantora adorou ter gravado a baiana Pitty e participado do projeto. Além do box, Baby também dá as caras na edição deste ano do Rock in Rio, em uma apresentação que já está sendo considerada épica. ;Eu participei da primeira edição, ao lado de Pepeu. E volto agora, 30 anos depois, com ele no palco. Na plateia, meu filho Kriptus, de quem eu estava grávida de oito meses quando cantei, em 1985. Será tudo muito forte, de muita emoção;, disse.

A artista aparece como uma das principais atrações do palco Sunset, ponto de encontro e troca entre artistas e público. Ao lado do ex-marido e companheiro musical Pepeu Gomes, Baby deve protagonizar um dos momentos mais esperados do festival. Mal sabe o público jovem, sempre em frenesi por conta das atrações pop, que a história não se fará no Palco Mundo, mas no reencontro e apresentação de dois não tão novos baianos. No stage ao lado.

O repórter viajou a convite da Musickeria











Curiosidades

Ney Matogrosso abriu a primeira edição do festival com penas na cabeça e uma sunga de leopardo. Causou histeria na plateia.

Na mesma edição, uma galinha foi parar no palco durante apresentação do Ozzy Osbourne. Ele não a comeu. Aparentemente, prefere morcegos.

O roqueiro Lobão fez o menor show do festival. Em 1991, ele cantou por ;longos; seis minutos.

No Rock in Rio 2, Axl Rose dividiu o jantar com os funcionários da limpeza e com os seguranças do Maracanã.

Prince posou de megastar na mesma edição, ao exigir 700 toalhas e ausência de qualquer ser humano entre o camarim e o palco. Ele aproveitou a vinda ao Rio para engatar um amor de verão com um jovem carioca.

Quem também garantiu companhia foi Freddy Mercury. Ele se envolveu com o motorista contratado para acompanhá-lo durante o festival, em 1985.

Cássia Eller, que será homenageada este ano, foi uma das figuras centrais no Rock in Rio 3. Além dos celebrados peitos de fora, a cantora distribuiu o cachê com os companheiros de palco e deu um beijo em Dave Grohl, que fazia aniversário no dia da apresentação do Foo Fighters em 1991.

Até casamento já rolou por lá. Em 2011, um casal selou a união durante apresentação do Red Hot Chili Peppers, com direito a buquê pelos ares e tudo. Detalhe: a moça que pegou o buquê retornou na edição de 2013 e também se casou. Amor à la Rock in Rio.

Apesar de Roberto Medina dizer que já trouxe todos o astros que gostaria, as duas maiores lendas vivas da música mundial, Paul McCartney e Madonna, nunca vieram. Pelos bastidores, há quem diga que não foi por falta de tentativa.


Rock In Rio 30 anos Box Brasil
####

Vários artistas. Vendido em formato de CD, DVD,
Blu-Ray e box especial, com todo o material além de um livro de partituras. Universal Music. Valores não divulgados.



Rock In Rio
Entre os dias 18 e 27 de setembro. Na Cidade do Rock, Rio de Janeiro. Ingressos esgotados.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação