Novo chefe, antigo desafio

Novo chefe, antigo desafio

A exemplo de Luxemburgo, Mano encara clássico como recém-chegado ao Cruzeiro e com o time mal

postado em 13/09/2015 00:00
 (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press - 6/9/15)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press - 6/9/15)


O turno virou, mas o clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG, hoje, no Mineirão, pelo returno do Campeonato Brasileiro, guarda ingredientes parecidos com os vistos no primeiro duelo entre as equipes neste Nacional. No clássico do primeiro turno, vencido pelo Cruzeiro por 3 x 1, no Independência, o técnico Vanderlei Luxemburgo, então recém-contratado pelo clube, fazia apenas a segunda partida pela Raposa, precisando afastar o time da zona de rebaixamento.

Hoje, Mano Menezes viverá realidade semelhante, já que o time celeste segue a perigo, e o novo treinador comandará o elenco apenas pela terceira vez. Para seguir o mesmo roteiro do antecessor e conseguir bater o Atlético-MG, Mano Menezes aproveitou que tem duas dúvidas e fez mistério na escalação. Desfalques na derrota para o Flamengo por 2 x 0, o zagueiro Bruno Rodrigo e o atacante Leandro Damião não foram confirmados. A única presença certa é a do atacante Alisson, que estava na Seleção Olímpica.

O treinador se mostrou preocupado em conter a ansiedade dos jogadores. ;Se existe um jogo no qual você não precisa se preocupar com mobilização, esse é o clássico. Você precisa ter a preocupação até de segurar um pouco a empolgação, controlar os ânimos;, frisou. ;O Cruzeiro deu uma demonstração no primeiro clássico do Brasileiro de que tem grande capacidade, e é isso que vamos procurar fazer. Iniciamos uma recuperação, o torcedor sentiu e viu isso. É esse comportamento que vamos levar para dentro de campo.;

Já o Atlético chegará embalado por duas vitórias consecutivas e está a apenas três pontos de alcançar a liderança. O Galo ganhou três reforços para o clássico: o lateral-esquerdo Douglas Santos, que estava na Seleção Brasileira; o atacante Carlos; e o volante Eduardo, que serviam à Seleção Olímpica. Dos três, somente Douglas Santos deve começar a partida.

;Estamos em um momento bom e temos que aproveitar o clássico para mostrar nosso futebol, aquilo que a gente vem fazendo. Temos bons jogos, grandes conquistas no Mineirão e estamos trabalhando para fazer mais uma boa atuação no domingo (hoje) e conquistar a vitória;, comentou Douglas Santos.


CRUZEIRO
Fábio; Ceará, Manoel, Paulo André (Bruno Rodrigo) e Pará; Willians, Henrique e Ariel Cabral; Alisson, Willian e Leandro Damião (Vinícius Araújo)
Técnico: Mano Menezes

ATLÉTICO-MG
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Luan, Giovanni e Dátolo; Lucas Pratto
Técnico: Levir Culpi

Mineirão
Belo Horizonte (MG)
16h

Transmissão
Pay-per-view

Brasileirão
25; rodada




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação