No ritmo do desenho

No ritmo do desenho

A turma do Archie ganhou destaque na tevê por trazer a voz de uma banda de música real para os personagens da animação

Ataide de Almeida Jr.
postado em 13/09/2015 00:00
 (foto: Apple/Divulgação )
(foto: Apple/Divulgação )






Nas décadas de 1960 e 1970 era comum que os desenhos animados tivessem origem nas histórias em quadrinhos. E não foi diferente com A turma do Archie ; ou Os Archies, como ficou conhecido durante algum tempo. A animação estreou na televisão americana em setembro de 1968 e teve 17 episódios.

Duas características se destacaram nos episódios. A primeira delas, claro, foi a história. A narrativa era a seguinte: uma banda criada no subúrbio de uma cidade dos EUA começou a tocar uma variedade da música pop, mas sem esquecer a preferência pelo rock. O grupo era composto por Archir, Moleza, Betty, Verônica e o cachorro Hot Dog (o mascote).

O segundo motivo do sucesso se deve a Don Kirshner, um dos criadores do desenho. Foi Don que selecionou os cantores para a formação de uma banda real, que dava voz às músicas apresentadas no desenho. Assim, Ron Dante, da banda Cugg Links, foi o escolhido para cantar como o protagonista. Já Toni Wine era a responsável pelas partes femininas.

Com boas vozes nos comandos das músicas, era de se esperar que o desenho fizesse sucesso tanto com as aventuras apresentadas na televisão, quanto com as canções tocadas durante o show. A repercussão foi tão grande que a música Sugar, sugar chegou às paradas de sucesso, em 1969, e foi responsável por dar o disco de ouro ao grupo.

No decorrer da história, vários outros sucessos musicais foram apresentados, como Bang-Shang-A-Lang, Jingle jangle e Who;s your Baby?. Na trama, alguns personagens foram incluídos, como Sabrina, uma bruxa boa; e os Monstros Camaradas. O desenho animado durou até 4 de janeiro de 1969. No Brasil, ele foi apresentado entre 1970 e 1980.

saiba mais
Inspiração

O sucesso desse desenho, segundo o site IMDB, fez com que a produtora Hanna-Barbera, no começo dos anos 1970, fizesse algumas animações como personagens jovens e ligados ao rock. Além disso, A turma do Archie foi responsável por utilizar a técnica da animação em ciclo, isto é, a mesma cena utilizada em diferentes panos de fundo.

Continuações
A turma do Archie teve várias continuações durante os anos. Logo depois do fim, foi ao ar The Archie comedy hour com material inédito e com um tom mais humorístico. Em 1973, a televisão exibiu o The US of Archie, no qual os personagens interpretavam eventos da história norte-americana. Em 1981, a banda ganhou superpoderes na animação Hero High, mas que durou pouco, pois o direito de uso dos personagens logo chegou ao fim.

Spin-offs
Logo depois do fim, alguns personagens ganharam séries próprias, como Sabrina, que estrelou três programas: Sabrina e os Monstros camaradas, que foi ao ar em 1970; Sabrina, a bruxa adolescente, que esteve na tevê entre 1971 e 1974; e Sabrina, a superbruxa, que estreou em 1977. Os Monstros camaradas também tiveram vida própria. Em 1971 estrelaram uma série homônima e, em 1978, foram ao ar com Monstros camaradas e amigos.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação