Da editora

Da editora

postado em 13/09/2015 00:00
Uma cidade é feita sobretudo de pessoas. Quem a habita ajuda a construir sua história. E Brasília é farta de gente interessante. Uma delas é o monge Sato. À frente do Templo Shin Budista Terra Pura, um patrimônio cultural da capital da República, ele tem uma rica trajetória. Nesta edição, a repórter Flávia Duarte traça um perfil do homem que abdicou do serviço público para servir a uma filosofia milenar. Brasília só tem a agradecer. Leia nas páginas 22 a 27.

Bom domingo e boa leitura!

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação