Assalto e facada em frente à escola

Assalto e facada em frente à escola

postado em 17/09/2015 00:00
Um estudante de 16 anos foi esfaqueado a caminho do Centro Educacional (CED) 104, próximo à Quadra 300, no Recanto das Emas, na manhã de ontem. Um assaltante em uma moto o abordou e pediu o tênis. Mesmo após entregar o objeto, o bandido o golpeou nas nádegas. O adolescente foi socorrido por professores e levado ao Hospital Regional de Samambaia (HRSAM), onde recebeu alguns pontos no ferimento. A comunidade escolar reclama da insegurança no local. Também ontem, outra estudante teve as sandálias roubadas. Na segunda-feira, um menino ficou sem o celular.

Até 2013 a escola contava com o policiamento permanente do Batalhão Escolar. Agora, eles só vão ao local quando acionados. ;Depois que tiraram, ficou pior. A gente teve que adotar novas condutas, por causa do risco que os alunos correm. Nunca havia acontecido uma agressão, mas casos de assaltos são corriqueiros;, afirma Dilce da Silva Borges Eça, diretora da instituição.

Na tarde de ontem, familiares ainda se recuperavam do susto. ;Graças a deus o corte foi pequeno. Mas isso tem que servir de alerta para o governo fazer alguma coisa;, desabafou a auxiliar de limpeza Ivoneide Mendes, 42, sogra do rapaz esfaqueado.

A dona de casa Rita Pereira, 50, tem três filhos matriculados no CED 104. Para ela, o medo é constante. ;Eles são deficientes e, por isso, demandam mais tempo para entrar e sair do carro. Tenho medo de alguém nos abordar e o desfecho ser trágico. Aqui, o policiamento é muito fraco;, reclama a moradora da Quadra 300. O Batalhão Escolar não comentou o caso.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação