Com a cara de um Paulistão

Com a cara de um Paulistão

Classificação do Santos faz estado ter três times nas semis pela primeira vez na história do torneio

postado em 02/10/2015 00:00

O estado de São Paulo alcançou um feito inédito na história da Copa do Brasil: classificar três clubes para as semifinais do torneio. Com a vitória, ontem, sobre o Figueirense, no Pacaembu, o Santos se juntou a Palmeiras e São Paulo. Somente o Rio de Janeiro havia alcançado a façanha. Em 2006, Flamengo, Fluminense e Vasco conseguiram chegar juntos a essa fase do mata-mata nacional ; o título ficou com o rubro-negro. O Peixe agora enfrentará o tricolor paulista, enquanto o Palmeiras medirá forças com o Fluminense.

Na penúltima fase da edição de 2006, o Flamengo eliminou o Ipatinga-MG (1 x 1 na ida e vitória por 2 x 1 na volta). Na outra chave, Vasco e Fluminense fizeram o clássico. O cruz-maltino despachou o rival ao ganhar o primeiro duelo por 1 x 0 e empatar o segundo, por 1 x 1. No dérbi da finalíssima, o rubro-negro levou a melhor. Os flamenguistas deram a volta olímpica após duas vitórias, por 2 x 0 e 1 x 0, e conquistaram o bi da Copa do Brasil.

O mais próximo que os paulistas tinham chegado do feito foi classificar dois clubes às semis em sete das 27 edições do torneio. A última vez ocorreu em 2012, quando Palmeiras e São Paulo avançaram. Ambos encararam equipes paranaenses. O alviverde eliminou o Atlético-PR e fez a final com o Coritiba, que despachou o tricolor. O Verdão conquistou o bi, e o Coxa deixou a taça escapar na decisão pela segunda vez consecutiva.

Dos quatro semifinalistas, o São Paulo é o único que não ostenta a Copa do Brasil em sua galeria. O time do Morumbi chegou este ano à quinta semi da história no torneio ; só avançou à final em 2000, quando perdeu o título para o Cruzeiro. O bicampeão Palmeiras disputou essa fase pela sétima vez. Em três delas ; 1996, 1998 e 2012 ;, alcançou a decisão e só não levantou a taça na primeira. O Santos, por sua vez, está na quinta semi de sua história. Na única vez que jogou a finalíssima, em 2010, deu a volta olímpica após derrotar o Vitória.

Pacaembu

No fechamento das quartas de final, no Pacaembu, o Santos não teve problemas para despachar o Figueirense. O Peixe, que ganhou o jogo de ida por 1 x 0, voltou a bater os catarinenses, desta vez por 3 x 2.
Os donos da casa marcaram com Gabriel, Marquinhos Gabriel e Neto Berola. Os visitantes descontaram com Bruno Alves e o veterano Carlos Alberto.
A CBF ainda vai anunciar hoje locais e datas dos duelos.

Santos
Vanderlei; Daniel Guedes, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Renato, Thiago Maia e Rafael Longuine (Neto Berola); Gabriel (Serginho), Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel (Marquinhos)
Técnico: Dorival Júnior

Figueirense
Felipe; Leandro Silva, Bruno Ales, Saimon e Juninho; Jefferson, Fabinho, Ricardinho (Dudu), Bruno Dybal (Carlos Alberto), Thiago Santana e Elias (Clayton)
Técnico: Hudson Coutinho

Gols: Neto Berola, Gabriel, Marquinhos Gabriel (Santos); Bruno Alves, Carlos Alberto (Figueira)
Cartões amarelos: Jefferson, Carlos Alberto, Leandro Silva, Saimon (Figueira)
Renda:
Público:
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

As semifinais*

São Paulo x Santos
Palmeiras x Fluminense

*Os jogos ocorrerão em
21 e 28 de outubro

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação