A hora do espanto

A hora do espanto

Abertura da 33ª rodada tem programas na medida neste dia de halloween. Os catarinenses Avaí,Joinville e Figueirense, além do vizinho Coritiba, entram em campo para lutar contra o terror do rebaixamento

postado em 31/10/2015 00:00


Em pleno dia de halloween, a 33; rodada do Campeonato Brasileiro terá na abertura três dos quatro jogos envolvendo clubes que lutam contra o fantasma do rebaixamento. Em vez de doces e brincadeiras, típicos do Dia das Bruxas, um trio catarinense e um representante paranaense entrarão em campo aterrorizados com a ameaça de queda.

Na pior situação dos três envolvidos, o Joinville, vice-lanterna, medirá forças com a Ponte Preta, em Campinas, às 19h30. Também fora de casa, às 21h, o Figueirense enfrentará outro rival em situação de desespero, o Coritiba. Já o Avaí terá pelo menos o consolo de atuar em seus domínios, diante do Cruzeiro, às 19h30.

Depois de alcançar duas vitórias consecutivas, o Joinville perdeu a última partida para o Internacional por 1 x 0 e agora precisa reagir novamente para manter as esperanças de se salvar da maldição da Série B. O adversário também vem de derrota ; 2 x 1 para o Atlético-MG ; e busca a reabilitação para brigar por uma vaga no G-4. O time de Campinas é o nono colocado, com 47 pontos, a três da quarta colocação.

Além da situação complicada na tabela de classificação, o Joinville encontrou dificuldades para treinar durante a semana por conta das chuvas em Santa Catarina. ;Não é desculpa, mas até nosso material de trabalho está encharcado, como os tênis. O campo, além de molhado, está com lama. E isso causa uma sobrecarga na musculatura. É preciso ter um cuidado maior com relação a isso;, explicou o técnico PC Gusmão.

Como precisa desesperadamente da vitória, o treinador mudou o esquema tático do Joinville e confirmou a volta do 4-3-3. Ele não poderá contar com a dupla de ataque titular Kempes, suspenso, e Ricardo Bueno, machucado. Por isso, improvisará no setor ofensivo com Marcelinho Paraíba de centroavante e Silvinho e Edigar Junio abertos.

;É um jogo muito difícil, mas queremos buscar nosso objetivo, aproveitar as oportunidades e sair com êxito. Nós precisamos ser precisos nas horas decisivas da partida. Quando aparecer a chance, precisamos fazer o gol e ter a capacidade de chegar até o fim para conseguir a vitória;, enfatizou o técnico.

Confronto direto

No Couto Pereira, Figueirense e Coritiba travam duelo direto contra a degola. A equipe catarinense é a 15; colocada, com 35 pontos, dois a mais do que o adversário, que ocupa a 17; posição. Se perder e o arquirrival Avaí, que é o 16;, com 34, vencer, o time alvinegro entrará para o grupo dos que disputarão a Série B em 2016. Para evitar essa dor de cabeça e sair de campo com a vitória, o treinador Hudson Coutinho aposta no retorno de três titulares: Marquinhos, Leandro Silva e Clayton.

O Coxa, por sua vez, vem de cinco derrotas consecutivas. ;Faltam seis jogos, a gente sabe que precisa de um número de vitórias para sair dessa situação. E o Figueirense, por ser um concorrente, a gente tem obrigação e uma responsabilidade a mais;, afirmou o lateral Leandro Silva, de volta. O meia Ruy e o atacante Henrique estão suspensos, e Ney Franco não confirmou os substitutos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação