Celebração de Drummond

Celebração de Drummond

Severino Francisco
postado em 31/10/2015 00:00
 (foto: Fundação Casa de Rui Barbosa)
(foto: Fundação Casa de Rui Barbosa)



A poesia de Carlos Drummond de Andrade será celebrada e discutida em vários eventos na passagem de mais um aniversário do vate mineiro. Na Livraria Cultura, às 18h30, será realizado o Sarau Poelivre-se: Drummond, o poeta de infinitas faces. No Sebino, às 19h, o poeta e professor de literatura da UnB Alexandre Pilati coordena uma palestra-debate sobre o livro A rosa do povo, em que Drummond dá uma guinada rumo à solidariedade e à participação social, sob o impacto da Segunda Guerra Mundial. Às 20h30, ocorre a exibição de vídeos com poetas brasilienses lendo poemas de Drummond.

Pilati identifica dois aspectos essenciais e contraditórios em A rosa do povo: a relação com o tempo presente e o sentido de perenidade dos poemas. É um marco na trajetória do poeta na direção de uma ampliação de temas, uma abertura para o mundo e, ao mesmo tempo, de uma busca de transcendência. Ele cita A morte do leiteiro ou O caso do vestido como poemas antológicos, construídos a partir de uma estrutura narrativa de prosa: ;O interessante é que Drummond usa uma base projetiva que explora a memória de mineiro e uma busca da utopia no futuro. Na parte da memória, ao evocar o pai, no país dos Andrades, ele reconstitui todo um passado mineiro. Ao mesmo tempo, esse Drummond melancólico busca a utopia, que, naquele momento, significava o fim da guerra, vivida de uma maneira muito dramática. O poema América tem um verso que resume muito bem esse movimento, ao falar em uma rua que começa em Itabira, cidade onde nasceu o poeta, e termina no mundo inteiro;.

A poesia participante é vista com muita desconfiança crítica por se imbuir de uma tarefa ética ou política. Pilati reconhece que, alguns poemas de A rosa do povo ficaram um pouco carregados da retórica do convencimento. Mas, ao mesmo tempo, ele recomenta ler A rosa do povo como um livro inteiro: ;A obra se torna perene porque é um conjunto muito complexo de variadas formas de poesia respondendo ao momento presente. Está vazada em uma estética intensiva, autônoma que revela os movimentos íntimos do poeta. Ele apresenta recursos requintados e, simultaneamente, uma urgência de participar do seu tempo;.

Drummond resistiria às mutações vertiginosas da globalização? Primeiro, ele é muito vinculado ao século
20, responde Pilati. Se quisermos ler o século 20 por meio do Drummond, é muito forte. Mas ele tem, ao mesmo tempo, uma capacidade muito grande de se atualizar, se transformar e manter a integridade de mineiro de Itabira. ;Se pegar até os anos 1950, você pode constatar que a poesia dele muda muito, desde 1930, de uma maneira vigorosa. Nesse momento contemporâneo da globalização, em nível nacional, a marca do Drummond continua em muitos poetas. Outro aspecto importante é a força que ele teve de ocupar um lugar de clássico da literatura brasileira só comparável ao que Machado de Assis ocupou na prosa. Ele é um clássico acessível, próximo da dicção de qualquer brasileiro médio;.


Poema

Nosso Tempo (trecho)

Carlos Drummond de Andrade


Esse é tempo de partido,

tempo de homens partidos.


Em vão percorremos volumes,

viajamos e nos colorimos.

A hora pressentida esmigalha-se em pó na rua.

Os homens pedem carne. Fogo. Sapatos.

As leis não bastam. Os lírios não nascem

da lei. Meu nome é tumulto, e escreve-se

na pedra.


Visito os fatos, não te encontro.

Onde te ocultas, precária síntese,

penhor de meu sono, luz

dormindo acesa na varanda?

Miúdas certezas de empréstimos, nenhum beijo

sobe ao ombro para contar-me

a cidade dos homens completos.


Calo-me, espero, decifro.

As coisas talvez melhorem.

São tão fortes as coisas!

Mas eu não sou as coisas e me revolto.

Tenho palavras em mim buscando canal,

são roucas e duras,

irritadas, enérgicas,

comprimidas há tanto tempo,

perderam o sentido, apenas querem explodir.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação