>> Sr. Redator

>> Sr. Redator

Cartas ao Sr. Redator devem ter no máximo 10 linhas e incluir nome e endereço completo, fotocópia de identidade e telefone para contato. E-mail: sredat.df@dabr.com.br

postado em 28/11/2015 00:00


Corrupção

Se o Ministério Público Federal e a Justiça mantiverem o atual ritmo de emissão de mandados de prisão, não haverá espaço no sistema carcerário do Paraná e do DF para abrigar tantas celebridades envolvidas na Operação Lava-Jato. Nunca antes na história deste país ocorreu um escândalo com tamanha dimensão, que não poupa ninguém, principalmente pessoas próximas e ou participantes dos poderes Executivo e Legislativo. Como brasileiro, sinto profunda vergonha do que ocorre no Brasil. Não atribuo ao PT a paternidade pela corrupção. Esse câncer corrói o Estado desde o descobrimento do país. Mas não posso deixar de lamentar que o partido, que sempre agiu com grande agressividade, dedo em riste, contra os desmandos em gestões passadas, tenha hoje a cúpula da legenda envolvida na corrupção. Dificilmente, suponho, o partido recomporá sua imagem perante os eleitores.
; Humberto Cabalar,
Lago Norte

Agradecimentos


Brasília sempre foi esculhambada por causa de alguns políticos ladrões que vêm dos estados. Aqui, também temos os nossos. Na terça e na quarta, os brasilienses, candangos e pioneiros tiveram a alma lavada, apesar de ainda faltar o chefe ser preso. Tivemos a prisão do amigo de Lula. Várias pessoas que sempre se esconderam atrás do cartel do combustível também foram presas. E, para minha felicidade, temos agora o senador líder do governo, Delcídio do Amaral, preso. O STF mandou prender o senador numa situação única, pois nunca se prendeu senador no exercício do cargo. Quanta felicidade! Obrigado, senhores procuradores e membros do Ministério Público. Obrigado, senhores policiais federais. Obrigado, senhor juiz Sérgio Moro. Obrigado, senhores ministros do Supremo que estão caindo na real e mandando prender petistas. Só falta, repito, o chefe. O povo de Brasília agradece.
; José Monte Aragão,
Sobradinho

Saúde do homem


Um insigne professor doutor em medicina da USP vem a público, no tragicômico artigo ;A saúde do homem; (25/11), revelar à sociedade o quanto está perdida a medicina moderna. Enquanto especialistas de todos os campos divergem sobre diagnósticos, tratamentos e prevenção, o articulista, em uma babel de números, em meio a filosofias em que chega a flertar com o próprio Deus personificado, não conclui coisa alguma de útil aos ansiosos pacientes, a menos da recomendação final de beber ;bastante; vinho. Um corolário digno dos remotos tempos do Império Romano e dos médicos formados em Alexandria.
; Humberto Pellizzaro,
Asa Norte

Lula


Esquecemos quão radical era o sonho original quando da eleição do Lula à Presidência. Foi ousado. Soube moldar forma de governo que desafiava as presunções aristocráticas e as instáveis estruturas do poder. O Partido dos Trabalhadores explorou os meios de comunicação disponíveis. As novas propostas, algumas enganosas, foram difundidas pela mídia financiada pelo fundo partidário, tirado do bolso do contribuinte. Muito poucas pessoas esperavam que a turma de cima do PT tivesse comportamento nefasto, se locupletasse do erário. Sucessivas ondas de protestos sociais refletem o crescente ceticismo em relação ao governo petista. O despertar da sociedade é evidente, perdeu a confiança na legitimidade na gestão da presidente.
; Renato Mendes Prestes,
Águas Claras

Prisões


Com a prisão do amigo de Lula, o empresário Bunlai, e do líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral, fica evidente que, na medida certa da prudência, a Lava-Jato está comendo pelas beiradas e, tudo indica, chegará ao fundo do prato, onde está o carnegão da corrupção, que está supurando.
; Elizio Nilo Caliman,
Lago Norte

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação