UniCeub/BRB reage tarde e Bauru vence

UniCeub/BRB reage tarde e Bauru vence

postado em 28/11/2015 00:00
 (foto: Carlos Moura/CB/D.A Press)
(foto: Carlos Moura/CB/D.A Press)


Mais de 730 torcedores encheram o ginásio da Asceb para assistir à terceira derrota consecutiva do UniCeub/BRB no Novo Basquete Brasil (NBB). Mas o time brasiliense mostrou que entrou em quadra para recuperar seu lugar na elite do basquete brasileiro. Após passar a partida inteira correndo atrás da vantagem de 11 pontos aberta logo no início pelo Bauru, o time candango reagiu nos cinco últimos minutos de jogo e tornou acirrada a disputa que parecia resolvida. Decidido nos últimos 30 segundos, o confronto terminou com o placar de 114 x 111.

Atual vice-campeão do nacional e mais consistente dentro de quadra, o time paulista garantiu a vitória no aproveitamento de mais de 80% nos lances livres, o que rendeu 32 pontos. Certeiros nos arremessos de longa distância e determinados a furar a defesa para invadir o garrafão, os visitantes se mantiveram à frente do placar a maior parte do tempo. Nos esporádicos momentos de reação dos donos da casa, o Bauru manteve a frieza e não parou de pontuar, principalmente com a dupla formada pelo armador Fischer e o ala americano Robert Day.

Como no jogo contra o Franca, o adversário abriu vantagem de mais de 10 pontos no primeiro quarto. O UniCeub/BRB diminuiu ao longo dos próximos períodos. Com a missão de virar o placar na metade final da partida, a equipe da casa começou o terceiro e o último quartos com mais garra. Em ambos, cestas de três e bandejas de Fúlvio e Jefferson Campos deram esperança à torcida. Mas o Bauru segurou o ânimo candango, com aproveitamento dos ataques na sequência.

Determinados a sofrer menos pontos, os mandantes fizeram o ataque paulista gastar mais tempo antes de finalizar. A última esperança dos donos da casa foi a sequência de quatro cestas de três e bandejas de Fúlvio e Jefferson, que começou a reação inacreditável dos anfitriões nos últimos cinco minutos.

Nos últimos 30 segundos, o UniCeub converteu rápidos ataques com cestas de três, o pivô paulista Hettsheimeir fez duas cestas no garrafão e o Bauru só errou dois dos oito lances livres, para fechar a disputa com três pontos de vantagem.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação