Xô, estresse!

Xô, estresse!

Blocos começam a se preparar para a folia de 2016. Três deles farão eventos que marcam o início da festa ainda neste ano

» Adriana Izel
postado em 28/11/2015 00:00
 (foto: Bloco do Calango Careta/Divulgação)
(foto: Bloco do Calango Careta/Divulgação)





Há mais de dois meses do carnaval, Brasília já começa a pulsar um pouco da folia. Os principais blocos carnavalescos brasilienses se organizam atrás de patrocinadores, estrutura e, claro, verbas para colocarem o bloco na rua.

É o caso do Suvaco da Asa, veterano na folia de rua de Brasília. Em 13 de dezembro, o grupo fará a festa Grito do Suvaco da Asa, na sede da Aruc, no Cruzeiro. O maior objetivo do evento é viabilizar recursos para que o bloco possa ir às ruas pelo décimo ano em 23 de janeiro. A data? Sempre 15 dias antes do sábado de carnaval, como já é tradição. A concentração continua no Quiosque da Codorna, na Quadra 10 do Cruzeiro e o desfile passa pela Avenida das Jaqueiras, entre o Sudoeste Econômico e o Cruzeiro. ;Já tínhamos feito a festa algumas vezes. Desde o começo do Suvaco, nós fazemos tudo com as próprias mãos. Tirando uma estrutura que o governo nos dá, o resto é resultado do nosso esforço;, explica André Lima, um dos organizadores do bloco. O valor arrecadado na festa será utilizado para o bloco sair às ruas.

Criado em homenagem ao frevo e a folia de Pernambuco, o Suvaco convoca para a balada em dezembro a Orquestra Popular Marafreboi, que agita o bloco brasiliense desde 2010, e o grupo de percussão Patubatê. Além disso, o aquecimento do bloco pré-carnavalesco contará com a Orquestra Contemporânea de Olinda. ;Eles são a grande atração do evento. Eles fazem sucesso por onde passam. E nossa prioridade é o frevo, que é o motivo da origem do bloco;, completa.

Novatos

Hoje, a partir das 22h, a capital poderá conhecer o novíssimo Bloco do Amor. O grupo carnavalesco surgiu de uma iniciativa da DJ Pequi. A artista já estava testando um pouco do formato em outras festas, quando resolveu criar o grupo ao lado de outros colaboradores: André Gonzales, vocalista da banda Móveis Coloniais de Acaju, Emídio, Tamara Maravilha, Nadja Dulci e o grupo Cantigas Boleráveis. ;Sempre quis fazer algo que misturasse samba, brega, música afetiva; Eu já estava pesquisando e sonhando com isso. Acho o carnaval de Brasília supergostoso, dá para brincar, é algo muito espontâneo;, conta Pequi.

Todos os convidados toparam o desafio e, pela primeira vez, em 2016, colocarão o bloco no domingo de carnaval, em 7 de fevereiro, na chamada via S2, entre os setores Hoteleiro e Comercial. Para que isso ocorra, o Bloco do Amor terá um lançamento hoje, na Star Nights, no Setor Comercial Sul. ;É um aquecimento, mas também tem a questão da grana. Para colocar na rua é preciso de verba. Juntamos então o útil ao agradável. Vamos apresentar às pessoas o conceito e o lucro vai para o bloco;, define a DJ.

Desde maio, o Bloco Calango Careta se prepara para voltar às ruas no carnaval de 2016. Estreante neste ano, o grupo foi formado da iniciativa dos amigos Marcio Ramos, Felipe Lucena, Allan Pontes, Heitor Toscanini e Daniel Titis e, hoje, possui mais de 50 pessoas envolvidas, que fazem parte dos outros braços do Calango, como a Orquestra Camaleônica, a Trupe Quero-quero (um grupo circense) e a Lagartixa Chorosa (grupo de marchinhas).

No carnaval deste ano, o bloco se destacou muito por conta do calango feito por eles, que possui 20 metros quadrados. A alegoria era o grande atrativo do bloco, que, no ano que vem, ganhará sua própria atração musical. ;Pensamos: ;Já temos o bloco, agora só falta fazer a orquestra carnavalesca;. Começamos uma campanha em maio e com apoio da Academia de Música de Brasília, tivemos suporte para capacitação dos músicos. A maioria das pessoas nunca tinha tocado um instrumento;, explica Marcio Ramos.

Nos últimos dias, o bloco tem ensaiado toda segunda, quinta-feira e sábado na Biblioteca Nacional, na Esplanada dos Ministérios, para ficar pronto para sair na comercial da 408 Norte na terça de carnaval, em 9 de fevereiro. Hoje, eles buscam instrumentistas de sopro (saxofone, trombone e clarinete) para se juntar à trupe, que já tem música própria para 2016. ;Temos uma marchinha, de minha autoria, que fala de Brasília dos aspectos positivos, como o fato de ser grande e ao mesmo tempo pequena, e também negativos, como a lei do silêncio, que impede a produção cultural;, completa Ramos.

Em 7 de dezembro, o Bloco Calango Careta fará um ensaio aberto, com entrada gratuita. O local ainda não foi decidido pelo grupo, mas pode ser na Ponte JK ou na Praça dos Três Poderes. O objetivo é ocupar os espaços públicos e valorizar o carnaval de Brasília. ;O carnaval ainda não está firmado, o que é ruim, só que ao mesmo tempo bom, porque podemos ocupar essa lacuna. A cidade tem essa demanda. Acredito que em 2016 será o carnaval da confirmação para Brasília;, analisa.

Agora, o grupo tem alguns desafios para colocar o bloco na rua, como a questão de microfonar a orquestra. Eles chegaram a entrar em contato com o Coletivo Criolina, responsável pelo Bloco Aparelinho, para pegar algumas dicas. ;A gente quer poder andar, mas para isso precisa ter gerador, fio; Ninguém fica rico com o carnaval, pelo contrário, se expõe ao risco. Mas há satisfação de ter um bloco, descobrir novos talentos, viver um eterno carnaval, valorizar a cidade;, diz Marcio Ramos, ao citar as diretrizes do bloco.

Pré-folia
Lançamento do Bloco do Amor

Star Nights (SCS, Qd. 5, Bl. C). Hoje, às 22h, com DJ Pequi, Chouchou Glamour (André Gonzales ; Móveis Coloniais de Acaju), Cantigas Boleráveis, Tamara Maravilha, Emídio e Fada do Amor (Nadja Dulci). Ingressos a R$ 20. Valores de primeiro lote. Ponto de venda: Pinella (408 Norte).

Ensaio aberto do Bloco Calango Careta
Previsto para 7 de dezembro. Ainda sem local definido. Entrada franca.

Grito do Suvaco da Asa
Aruc (AE 8, Cruzeiro Velho). Em 13 de dezembro (domingo), às 10h, com show da Orquestra Contemporânea de Olinda, Orquestra Popular Marafreboi e Patubatê. Ingressos a R$ 20. À venda pelo site www.sympla.com.br.

Carnaval

Suvaco da Asa: 23 de janeiro, com concentração no Cruzeiro

Bloco do Amor: 7 de fevereiro, na via S2

Bloco do Calango Careta: 9 de fevereiro, na comercial da 408 Norte

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação