O topo é dela (de novo)!

O topo é dela (de novo)!

No embate de vendas, a vencedora é a britânica Adele, que deixa Justin Bieber e One Direction como coadjuvantes

» Adriana Izel
postado em 02/12/2015 00:00
 (foto: Robyn Beck/AFP-24/2/13)
(foto: Robyn Beck/AFP-24/2/13)



Justin Bieber e o grupo One Direction devem estar arrependidos de terem lançado seus discos ; Purpose e Made in The A.M, respectivamente ; no mesmo período em que Adele voltou ao mercado com o álbum 25. O canadense até começou bem tendo o CD como o primeiro colocado no Top Album Sales, da Billboard, e garantindo diversas faixas do álbum no ranking Hot 100, como Sorry (2; colocada), Love yourself (quarto lugar) e What do you mean? (na 5; posição). Mas todas atrás de Hello, de Adele, a primeira colocada há algumas semanas.

Bieber está conseguindo pelo menos se manter próximo ao topo e ;respirar; por ter os melhores números de vendas em streaming. O astro teen alcançou 205 milhões de audições mundialmente, sendo 77 milhões apenas nos Estados Unidos. Antes o recorde era de The Weeknd com Beauty behind the madness, com 90 milhões. Mas, vale lembrar, que Adele não disponibilizou seu disco nas plataformas da tecnologia.

No entanto, o mesmo não se pode dizer da boyband britânica. O quarteto teve que se contentar com 108,445 mil cópias vendidas na primeira semana, muito abaixo dos 3,38 milhões alcançados por 25, segundo dados da Nielsen, e que aumentam se contabilizado os números do Youtube, atingindo 3,48 milhões. E, ainda, atrás de Justin Bieber que vendeu 290 mil e tem o recorde de streaming.

Já não bastasse Adele ter conseguido mais de 3 milhões de cópias vendidas em apenas uma semana, ela bateu um recorde que pertencia a boyband N*SYNC, que, nos anos 2000, vendeu 2,4 milhões e também deixou Taylor Swift (a salvação da indústria fonográfica em 2014) comendo poeira ; a artista vendeu 1,76 milhão de cópias de 1989 na primeira semana.

De acordo com a revista Billboard, um novo ranking da Nielsen divulgado no fim da semana passada, revela que já foram vendidas mais 650 mil cópias na segunda semana, o que equivale a 4,130 milhões, um número antes que só havia sido atingindo pela própria britânica com 21, em 2011.

Ainda pode aumentar
A expectativa é de que o índice cresça ainda mais. Um novo ranking será divulgado em 6 de dezembro e os especialistas da indústria estimam que possa chegar a 6 milhões de cópias. Se confirmado, 25 se tornaria o primeiro álbum a alcançar o número em poucas semanas. Com novo recorde, ou não, 25 já é o álbum mais vendido de 2015, segundo a Nielsen. O que pode justificar o motivo de Rihanna está demorando tanto para lançar Anti, que estava previsto para chegar ao Tidal no último dia 27.

O sucesso de 25 também ajudou Adele a recolocar os álbuns anteriores, 21 e 19, em destaque. O antecessor de 25, que já vendeu mais de 11 milhões de cópias, voltou ao Top 10 subindo da 25; posição para a nona, com mais 80 mil unidades vendidas, e está há 82 semanas não consecutivas nas paradas. Já 19 está na 20; posição, com mais 47 mil cópias vendidas. E, esses são apenas os números dos Estados Unidos.

Mais vendidos nos EUA
1;: 25 ; Adele
2;: Purpose ; Justin Bieber
3;: Made in the A.M. ; One Direction
4;: Top 5 dead or alive ; Jadakiss
5;: Beauty behind the madness ; The Weeknd
6;: That;s Christmas to me ; Pentatonix
7;: Traveller ; Chris Stapleton
8;: Dark sky island ; Enya
9;: 21 ; Adele
10;: Fetty wap ; Fetty Wap

Fonte: Nielsen



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação