Paulinho reassume a presidência da Força

Paulinho reassume a presidência da Força

postado em 14/01/2016 00:00
 (foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados)
(foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados)
O deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP) pegou dirigentes da Força Sindical de surpresa ao anunciar que retomaria seu mandato como presidente da central. Miguel Torres, presidente interino da Força desde o fim de 2013, foi informado oficialmente que Paulinho reassumiria o cargo às 7h da manhã de terça-feira, na reunião de dirigentes da Força que já estava marcada para as 9h, em São Paulo.

;Fui pego de surpresa, não só eu, acho que toda a central. Mas é um direito dele estatutariamente;, disse Torres. O dirigente, que tem uma postura menos oposicionista ao governo Dilma Rousseff, disse que não está ;bravo; nem vai atuar pelo ;quanto pior, melhor; por causa do retorno repentino de Paulinho. ;Não ficou nenhuma mágoa, eu volto para a vice-presidência (da Força) e para a presidência do meu sindicato para continuar lutando pelo direito dos trabalhadores;, disse Torres, que também preside o sindicato dos metalúrgicos da capital paulista.

Segundo relatos de presentes na reunião de ontem, a volta de Paulinho surpreendeu e suscitou preocupações quanto à ;partidarização; da Força Sindical. Paulinho é considerado um dos mais fiéis aliados do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e é um dos parlamentares que mais se mobiliza pelo impeachment de Dilma. A Força, por sua vez, se diz ;plural; e tem dirigentes mais próximos do governo. O próprio Torres se posicionou contrário à derrubada da presidente da República.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação