Brasília-DF

Brasília-DF

por Denise Rothenburg » deniserothenburg.df@dabr.com.br - Paulo de Tarso Lyra » paulodetarso.df@dabr.com.br - (Interino)
postado em 21/01/2016 00:00
 (foto: Google Maps/Reprodução)
(foto: Google Maps/Reprodução)

Cobradores de promessas
Governadores de diversos estados começam a se mobilizar para derrubar, tão logo o Congresso reinicie os trabalhos, o veto presidencial a um dos pontos da lei que permite a repatriação de recursos do exterior. Orientada pela equipe econômica, Dilma vetou o ponto que garantia o repasse, a estados e municípios, de parte da multa paga pelos repatriadores ao Tesouro Nacional.
; ; ;
O pagamento compensaria a não criação de um fundo para diminuir as perdas que administradores estaduais e municipais teriam com a unificação da legislação do ICMS. Eles alegam que a presidente prometeu manter o repasse em troca do apoio à repatriação, que enfrentava muitas resistências no Congresso.
; ; ;
O Ministério do Planejamento alegou que, pela constituição, só podem ser repassados a estados e municípios recursos decorrentes de impostos, não de multas.

Literatura coxinha
Para tentar selar a reaproximação com a presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente Michel Temer indicou a leitura de três livros: Número Zero, de Umberto Eco; A capital da solidão e a capital da vertigem, ambos de Roberto Pompeu de Toledo... Colunista da Veja

Armadilha
Tem gente preocupada com os riscos que a presidente Dilma correrá ao ser convocada como testemunha de defesa do empresário Eduardo Valadão, investigado na Operação Zelotes. Caso ela defenda a necessidade das medidas provisórias investigadas no proceso, poderá dar munição para que Valadão diga que não fez nada de errado, já que até o governo acreditava que as MPs eram importantes para o país.

Turminha
Cotado para assumir a Secretaria Nacional de Aviação Civil, o deputado Mauro Lopes (PMDB-MG), está preocupado. Apesar de considerar que ser ministro seria coroar a longa trajetória política, quer garantir que, caso seja nomeado, o suplente mantenha a atual equipe de seu gabinete. ;Tenho 20 funcionários de 20 anos. É uma equipe antiga e eu tenho maior carinho por eles;, disse ao Correio.

Anti-marketing

;A entrevista de Picciani ao Correio é perfeita para nós. Ao defender CPMF e Renan e atacar Cunha, virou o maior cabo eleitoral contra ele próprio;, disse o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA).


Benfeitoria/ Um dos terrenos colocados à venda pela União, no Lago Sul (foto), vem com um incremento: um campinho gramado, em bom estado, com duas traves de ferro para comemorações dos gols.

Vai vender/ ;O imóvel será alienado, pois cumpre o critério da disponibilidade para venda: imóveis vagos e inservíveis para o serviço público;, respondeu à coluna a assessoria do Ministério do Planejamento.

Bora Baêa/ Não são apenas vinhos que Jaques Wagner recebe como mimo. Ele ganhou uma réplica da primeira camisa utilizada pelo Esporte Clube Bahia em jogo oficial, em 1931. A primeira-dama da Casa Civil é torcedora fanática.

Malemolência/ A diretoria do Bahia fez uma peregrinação à capital federal em busca do patrocínio da Caixa. A presidente do banco, Miriam Belchior, quer deixar o apoio para o ano que vem.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação