Violência sem fim

Violência sem fim

postado em 21/01/2016 00:00

Dois outros atentados recentes reivindicados pelos talibãs deixaram 17 mortos no Paquistão e no Afeganistão. Um micro-ônibus que levava funcionários do canal afegão de televisão Tolo foi atingido por um carro-bomba ontem, em Cabul, em rua próxima à embaixada russa, em Cabul. ;Esse ataque é uma vingança pelo ressentimento da Tolo contra o islã;, alega o Talibã, que acusam o canal de divulgar mentiras sobre a conduta de seus combatentes. De acordo com o chefe-adjunto da polícia local, Sayed Gul Agha Rohani, um insurgente avançou com um carro contra o micro-ônibus da empresa, na estrada de Dar ul-Aman, no oeste da capital.

Nos arredores de Peshawar, cidade paquistanesa onde 134 estudantes morreram em um ataque a uma escola no fim de 2014, 11 pessoas foram vítimas de um atentado suicida anteontem. O alvo foi uma sede da polícia, em área movimentadas da cidade. ;O esquadrão de mártires do Tehrik-i-Taliban Pakistan (TTP) cometeu um ataque bem-sucedido no ponto de checagem próximo ao mercado Karkhano;, declarou um porta-voz do grupo islamita, por meio de nota.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação