Os avanços da comunicação em debate

Os avanços da comunicação em debate

Os desafios para a comunicação são o tema principal de seminário dos Diários Associados e da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial. Pesquisadores e autoridades vão analisar a importância de se qualificar o debate na sociedade

postado em 24/02/2016 00:00

Especialistas e autoridades se reúnem hoje para apresentar possibilidades de construção e fomento do debate na sociedade brasileira, discutindo ainda os desafios da comunicação na atualidade. O seminário Dialogar para liderar ; O papel da Comunicação na construção de um novo diálogo nacional, organizado pelos Diários Associados e pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), ocorre das 9h às 18h30, no auditório do Correio Braziliense.

O credenciamento e o welcome coffee serão feitos entre as 8h30 e as 9h. A abertura será realizada pelo ministro Edinho Silva, da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, e Álvaro Teixeira da Costa, diretor-presidente do Correio. O jornalista Caio Túlio Costa será o mediador das três mesas de discussão do evento. A primeira, às 9h30, traz Adriano Machado Ribeiro, professor da Universidade de São Paulo (USP) e membro da Sociedade Brasileira de Retórica para esclarecer a genealogia do diálogo.

;Vamos estabelecer como o diálogo se consagrou como um gênero, e mostrar como isso se deu em relação à democracia ateniense. Farei também algumas ponderações ligando o debate antigo a questões novas;, adiantou Adriano Machado Ribeiro, que ressalta a importância de Platão na história do debate. Segundo o professor, o diálogo na sociedade brasileira ainda sofre com a falta de alguns elementos, mesmo diante das amplas possibilidades oferecidas pela internet.

;Faltam regras de humanidade e convivência, atualmente. As discussões deixam a desejar devido também à impessoalidade, já que as pessoas não têm contato face a face. Ao mesmo tempo que há a facilidade da internet, faltam regras mais claras, que seriam um agente pacificador;, emendou. O professor da USP participará do debate ao lado de Virginia Galvez, diretora da Secretaria de Comunicação do Senado; Eugênio Bucci, professor da USP; e Daniel Mangabeira, diretor de Políticas Públicas da Uber.

A partir das 13h30, Paulo Marinho, presidente do Conselho Deliberativo da Aberje; Eduardo Ariel, coordenador da ESPM Rio; e o advogado Rubens Naves discutirão sobre a comunicação e os desafios do presente. Na última roda de discussões do dia, às 16h, Renato Janine Ribeiro, professor titular da USP; Luiz Carlos Azedo, colunista do Correio; e Francisco Viana, diretor-presidente da Hermes Comunicação analisarão a situação nacional na mesa Brasil e Democracia ; Novos paradigmas para o diálogo e a liderança.

Entre as 18h e as 18h30, o diretor-geral da Aberje, Hamilton dos Santos, fará o encerramento do evento. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (61) 3214-1554 ou pelo e-mail dialogarparaliderar.cb@gmail.com.

;Faltam regras de humanidade e convivência, atualmente. As discussões deixam a desejar devido também à impessoalidade, já que as pessoas não têm contato face a face. Ao mesmo tempo que há a facilidade da internet, faltam regras mais claras, que seriam um agente pacificador;

Adriano Machado Ribeiro, professor da Universidade de São Paulo (USP)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação