Curtas

Curtas

postado em 24/02/2016 00:00
 (foto: Denis Charlet/AFP)
(foto: Denis Charlet/AFP)


; OBITUÁRIO
Ramón Castro, irmão de Fidel


A tevê estatal cubana anunciou ontem à noite a morte, aos 91 anos, de Ramón Castro Ruz, irmão mais velho de Fidel e Raúl Castro, respectivamente ex-presidente e atual presidente de Cuba. Embora tenha colaborado com a revolução cubana de 1959, Ramón nunca teve uma grande participação no governo da ilha caribenha, tendo se dedicado principalmente à agricultura ; ele era frequentemente visto perto de Havana dirigindo um trator. A causa do óbito, ocorrido ontem de manhã, não foi revelada. O corpo foi cremado, e as cinzas, levadas para o povoado de Birán, onde fica a casa em que os irmãos Castro nasceram.



; UNIÃO EUROPEIA
ALERTA AO
ELEITORADO
BRITÂNICO


Em carta aberta publicada no jornal The Times, 198 executivos ; diretores de mais de um terço das maiores empresas britânicas ; manifestaram ontem apoio ao acordo conseguido pelo primeiro-ministro britânico, David Cameron, para uma reforma da União Europeia. E alertaram os eleitores: sair do bloco constitui uma ameaça para o emprego e pode prejudicar a economia do Reino Unido. Entre os signatários da carta, estão o presidente de BAE Systems, Roger Carr; o presidente-executivo de BP, Bob Dudley; e o presidente da McLaren, Ron Dennis. Os executivos sustentam que o acordo melhora a competitividade da UE. ;Após a renegociação do primeiro-ministro, acreditamos que o melhor para o Reino Unido é permanecer em uma União Europeia reformada;, apontam.


; FRANÇA
ADIADA A
REMOÇÃO DE
IMIGRANTES




Um recurso apresentado ao tribunal administrativo de Lille adiou a operação para remover imigrantes do acampamento de Calais (foto), conhecido como a ;selva;. Acionada por um grupo de refugiados e associações, a Justiça francesa vai avaliar a legalidade da operação determinada pela prefeitura. A decisão será anunciada até amanhã. Construído nas dunas, próximo ao Porto de Calais (norte da França), o acampamento com cabanas precárias abriga pelo menos 3,7 mil pessoas, segundo as autoridades. O número é maior, de acordo com organizações que ajudam os refugiados. O governo francês quer reduzir a 2 mil a população do local. Enquanto isso, a Bélgica anunciou que vai restabelecer temporariamente os controles de fronteira com a França, para fazer frente a uma possível chegada de refugiados provenientes de Calais.


; NOVA YORK
APLICATIVO
CONTRA
O CRIME


A prefeitura e a polícia de Nova York apresentaram ontem um aplicativo que permite visualizar de maneira interativa dados dos crimes cometidos na cidade, e que estará disponível para todas as forças de segurança, bem como para o público. Segundo um comunicado do Departamento de Polícia de Nova York (NYPD), qualquer pessoa poderá ter acesso ao site https:/compstat.nypdonline.org e realizar uma busca sobre diferentes tipos de crimes na cidade, obtendo resultados por área geográfica para a última semana, mês ou ano. O programa CompStat 2.0 faz parte de um esforço de modernização e transparência da força, indicou em coletiva de imprensa o prefeito Bill de Blasio, acompanhado do chefe da polícia, Bill Bratton.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação