Atenção aos documentos

Atenção aos documentos

» Isabella Alvim Especial para o Correio
postado em 02/03/2016 00:00

O envio da declaração do Imposto de Renda no início do prazo estipulado pela Receita Federal é uma rotina da vida de alguns contribuintes. Seja para se livrar da preocupação, seja para garantir o recebimento da restituição nos primeiros lotes.

A contadora e sócia da Atos e Fatos Contabilidade, Rita de Cássia Aguiar, alerta, no entanto, que é preciso ter cuidado, porque algumas vezes os informes solicitados vêm com erros e, mesmo que sejam corrigidos rapidamente, podem obrigar quem fez a declaração nos primeiros dias a retificar o que foi informado à Receita, e isso atrasará o processo de restituição. ;Não adianta ter pressa, o importante é ter os documentos corretos;, ponderou.

Desde que começou a prestar contas ao Leão, em 2014, a advogada Juliana Litaiff, 26 anos, optou por tirar o problema da cabeça e sempre envia a declaração até três dias depois da abertura do prazo. ;Eu acho melhor fazer antes porque não preciso me preocupar mais com isso. Além de ser restituída nos primeiros lotes;, explica.

A bancária Emanuella Fialho, 34, também se apressa para garantir a rapidez na devolução. Organizada, ela tem uma pasta onde durante o ano todo guarda os recibos e documentos necessários. Há 16 anos, a bancária faz a declaração de renda e nunca deixou para a última hora. ;Quero fazer parte do grupo que receberá a restituição nos primeiros lotes;, afirma.

Para garantir ser uma das primeiras pessoas a prestar contas ao Fisco, antes mesmo da abertura do programa, separa os documentos. ;Quando a Receita dá acesso ao programa, já estou com tudo pronto e só preciso passar a limpo.;

Este ano não foi diferente, quando o envio foi liberado, Emanuella não perdeu tempo. ;Às 8h15 eu já havia enviado minha declaração;, disse. (MA)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação