Esquenta da estação fria

Esquenta da estação fria

Desfiles em Nova York, Londres e Milão apresentam o que vestir no outono e inverno 2016/2017. Grifes estrangeiras apostam em coleções ditadas pela identidade de cada marca

postado em 06/03/2016 00:00

O calendário da moda continua movimentado. Agora, as atenções se voltaram para as semanas moda feminina de Milão, Nova York e Londres, que apresentaram as criações para as estações outono e inverno 2016/2017. O desfile mais esperado da temporada americana foi o que apresentou a coleção desenvolvida pela cantora Rihanna, em parceria com a Puma. A diretora criativa da marca apostou no streetwear e em releituras de peças esportivas, como jaquetas bomber, croppeds e tênis. Na cartela de cores, apenas preto, branco e cinza, o que deu um ar de sobriedade para a coleção que retrata fielmente o estilo pessoal da cantora.

Na nova coleção da marca Tommy Hilfiger, o estilista homônimo utilizou mais uma vez referências do universo náutico. O desfile foi inspirado no navy retrô e misturou elementos masculinos e femininos nas peças. A cartela de cores foi uma surpresa e apresentou tons como roxo, creme e branco, que são variações dos tons clássicos da marca: vermelho, azul e branco. Vestidos e saias leves contrastam com casacos e tricôs pesados.

A grife de moda festa Marchesa foi fiel à tradição e desfilou os famosos vestidos estilo princesa. A inspiração na realeza foi ainda mais grandiosa e os modelos entraram na passarela com luxuosas tiaras. A inspiração foi o trabalho do pintor John Singer Sargent e ideia era retratar cada modelo como uma pintura. Bordados, tecidos fluidos, aplicações e muito volume deram o ar suntuoso ao desfile. A cartela de cores foi diversificada e algumas peças, inclusive, tinham as cores do ano: rose quartz e azul serenity.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação