Tempero libanês

Tempero libanês

Há muito, a culinária árabe conquistou o paladar ocidental. Em Brasília, a chef Lídia Nasser resgata as tradições gastronômicas dos ascendentes para preparar as carnes que oferece no restaurante comandado por ela

Por Rafael Campos
postado em 06/03/2016 00:00
 (foto: Fotos: Zuleika de Souza/CB/D.A Press)
(foto: Fotos: Zuleika de Souza/CB/D.A Press)

Nem só de quibe vive a culinária árabe. As carnes, presentes na gastronomia dos países do Oriente, carregam o mundo de temperos que conquistaram o Ocidente há milênios. A chef Lídia Nasser, do Empório Árabe, convive com as influências libanesas desde pequena e sabe ver as diferenças que tornam a cozinha do país única. ;Há muitas regiões da culinária árabe. Os libaneses fazem a kafta, por exemplo, de forma diferente do que se vê em Brasília. Ela é mais suculenta, e a salsinha e a hortelã, que usamos muito, influenciam muito no sabor da carne.;

Lídia explica que, no caso da produção da kafta, sua preferência é pelo coxão mole. A chef afirma que esse corte tem leve teor de gordura e se integra bem aos temperos. ;Ele é extremamente temperado: muita salsinha, muita cebola e vários condimentos árabes. E isso influencia muito no prato;, garante. Porém, mesmo que a carne bovina tenha sido uma opção encontrada pelos imigrantes árabes quando chegaram ao Brasil, é o cordeiro que, de fato, incorpora as verdadeiras tradições.

O animal tem uma carne jovem, tenra, macia e com odor mais suave do que o carneiro. ;Ele é mais jovem e isso faz com que o tempo de cozimento se altere: ele fica pronto mais rápido, passando entre quatro a cinco horas cozinhando;, ensina. E, assim como o gado, são usadas diversas partes do cordeiro na gastronomia árabe. ;Temos várias opções e usamos quase todos os cortes: o lombo, a picanha e o carré. Eles não têm nada a ver com a carne bovina. São cortes menores e com menos gordura. Isso exige um cuidado maior;, explica.

Lídia diz que, quando for comprar, o consumidor pode ter dificuldades, já que as peças de cordeiro vêm, normalmente, congeladas. ;É preciso ficar atento na hora de comprar para não escolher uma peça que tenha gordura demais ou seja muito pequena. Por isso, sempre procuramos fornecedores de regiões do Uruguai;, diz. ;A origem da carne dirá muito sobre o final do seu prato;, acrescenta. Mesmo assim, a chef garante que as grandes redes de supermercado em Brasília já comercializam tais cortes com qualidade.

Para acompanhar a receita do ossobuco de cordeiro ; que pode ser encontrada na casa a partir da próxima terça-feira (8/3) ;, Lídia sugere uma cerveja libanesa. A dica é a 961 Lebanese Pale Ale (ou 961 LPA), que tem em sua composição especiarias árabes, como zathar e sumagre. E, para quem ainda precisa ser convencido, vale lembrar que também há filé-mignon e frango entre as receitas da casa. Assim, não há desculpa para não provar.

Serviço:

Empório Árabe
Águas Claras: Avenida Castanheiras, Lote 1060, Loja 24, Ed. Vila Mall
Asa Sul: 215 Sul, Bloco A, Loja 3 Telefone: 3363-3101


Kafta bovina

Ingredientes:

  • 330g de coxão mole moído
  • Pimenta síria a gosto
  • Hortelã, sal, cebola e salsa a gosto
  • ; Cebola frita
  • 2 rodelas de tomate gratinado
  • 2 folhas de alface


Modo de preparo:

  • Acrescente os temperos à carne moída e modele a mistura no palito. Em uma chapa, coloque a carne para grelhar ao ponto de sua preferência. Na sequência, monte o prato com a cebola frita, o tomate gratinado e a alface.
  • Sugestão: sirva com pães e pastas árabes, como homus tahine (pasta de grão-de-bico com tahine) e baba ghanouj (pasta de berinjela com tahine).
  • Tempo de preparo: depende do ponto da carne
  • Rendimento: depende do tamanho da kafta



Ossobuco de cordeiro (pernil fatiado com osso)

Ingredientes:

  • 350g de pernil de cordeiro
  • 1 tomate picado
  • ; cebola
  • 1 colher de salsa
  • Pimenta síria
  • 3 tâmaras
  • Alho e sal a gosto


Modo de preparo:

  • Deixe o pernil de cordeiro descansando, durante quatro horas, na mistura de temperos preparada com tomate, cebola, salsa, pimenta síria, tâmaras, alho e sal. Após isso, cozinhe-o em fogo baixo por 30 minutos. Retire e coloque o próprio molho de cozimento sobre o pernil.
  • Sugestão: sirva com o arroz de lentilha e purê de batata-inglesa.
  • Tempo de preparo: 4h30min
  • Rendimento: 1 porção

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação