Brasília tem última chance de sobreviver na Superliga

Brasília tem última chance de sobreviver na Superliga

postado em 14/03/2016 00:00
O Brasília Vôlei aposta no fator casa hoje, às 21h, para forçar o terceiro jogo das quartas de final contra o Osasco. Após perder a primeira disputa em São Paulo, por 3 sets a 0, o time da capital federal precisa de uma vitória no Ginásio Sesi, em Taguatinga, se não quiser dar adeus à Superliga Feminina, pela terceira vez, diante da própria torcida ainda na primeira rodada dos play-offs ; a equipe foi desclassificada pelo Sesi-SP no ano passado e pelo próprio Osasco em 2013/2014. ;Agora é tudo ou tudo, não existe outra opção;, ressalta a líbero Sassá. Os ingressos custam R$ 15 (meia-entrada) e estarão à venda na bilheteria do ginásio.

Em quadra, o duelo envolve sete ouros olímpicos. A ponteira Paula Pequeno e a líbero Sassá somam três para as donas da casa, enquanto as centrais Thaísa e Adenízia, além da levantadora Dani Lins, completam a lista pelo adversário. Do lado candango, a experiência das campeãs olímpicas as torna a esperança de uma missão quase impossível: vencer, pela primeira vez após 10 confrontos, o temido Osasco ; cinco vezes campeão da Superliga. O que alimenta as esperanças dos candangos é o último duelo disputado entre eles em Brasília: o jogo precisou ir para o tie-break para ser decidido, mas as paulistas, ainda assim, levaram a melhor.

Programe-se
Superliga Feminina
Quartas de final (segundo jogo)
Brasília Vôlei x Osasco
Horário: 21h
Local: Sesi Taguatinga
Ingressos: R$ 15 (meia-entrada).
Venda na bilheteria do ginásio

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação