Trump e Hillary avançam

Trump e Hillary avançam

Magnata vence as primárias republicanas em todos os cinco Estados em disputa, enquanto a ex-secretária de Estado democrata obtém pelo menos três vitórias. Pré-candidatos se aproximam da indicação dos partidos

postado em 27/04/2016 00:00
 (foto: Win McNamee/AFP)
(foto: Win McNamee/AFP)




Eleitores de cinco estados no nordeste americano votaram ontem nas prévias dos Partidos Democrata e Republicano: Pensilvânia, Maryland, Connecticut, Rhode Island e Delaware. Imediatamente após o fechamento das urnas, por volta das 20h (21h em Brasília), o magnata republicano Donald Trump foi apontado como vencedor em três estados: Connecticut, Maryland e Pensilvânia. Pouco depois, a imprensa o anunciou como ganhador também em Rhode Island e, em seguida, em Delaware. O desempenho avassalador aumentou as suas chances de garantir a nomeação do Partido Republicano antes da convenção da legenda, em julho. E ocorre dois dias depois de os opositores, Ted Cruz e John Kasich, anunciarem uma aliança para impedir que Trump conquiste os 1.237 delegados necessário para a nomeação.

A democrata Hillary Clinton também comemorou os resultados da maratona de prévias ; ela conquistou a vitória em quatro Estados, com relativa facilidade. A votação no nordeste, chamada de mini-Superterça e de Primárias de Acela, em referência a um trem que cruza a região, colocou em jogo o maior número de delegados em disputa até 7 de junho, quando seis estados comparecem às urnas. Os pré-candidatos disputaram 172 delegados republicanos e 284 democratas, dos quais 78 são superdelegados, que não entraram na batalha eleitoral.

Enquanto o país aguardava um pronunciamento de Trump, ele compareceu a um baile de gala oferecido pela revista Time. Na semana passada, a publicação indicou o bilionário como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Após a cerimônia, o republicano comemorou os resultados em evento organizado na Torre Trump, em Nova York. ;Vamos vencer Hillary com tanta facilidade;, disse. Trump também voltou a criticar a aliança dos opositores, ao afirmar que Cruz e Kasich ;realmente se mancharam; com o acordo.

Para a campanha do empresário, a disputa republicana está garantida. Pouco depois da divulgação dos resultados iniciais, a equipe de Trump enviou uma mensagem aos apoiadores: ;Agora, estamos sozinhos para derrotar Hillary e vencer a Casa Branca;. O empresário sustentou que os delegados têm a ;obrigação moral; de votar nele e classificou a noite de ontem como ;a maior vitória;.

Senador pelo Texas, Ted Cruz reconheceu que o opositor teria um bom resultado, pouco antes das 20h, em um evento em Knightstown, no estado de Indiana, onde ele um triunfo nas primárias da próxima terça-feira. Nas redes sociais, Cruz atacou Trump e Clinton. ;Estamos cansados de um presidente que nos divide;, escreveu o senador. A equipe do pré-candidato e governador de Ohio, Josh Kasich, que assegurou o segundo lugar em vários estados, afirmou que ele segue com a ;campanha focada em otimismo;.

Democratas

A ex-secretária de Estado Hillary Clinton, que lidera a corrida pela indicação democrata, comemorou os resultados na Filadélfia, depois de passar o dia realizando comícios em Indiana. Ela venceu em Maryland, em Delaware e na Pensilvânia. Em Connecticut, a disputa com Bernie Sanders, senador por Vermont, foi apertada, mas Hillary levou a melhor, de acordo com as projeções das emissoras americanas.

Em Rhode Island, único participante da mini-Superterça com primárias abertas, Sanders garantiu sua única vitória da noite. O estado era a maior expectativa do senador, que conta com grande simpatia de eleitores independentes. Em primárias fechadas, como foi o caso dos demais estados, apenas eleitores registrados no partido tiveram direito ao voto.

Clinton disse ;aplaudir; o desempenho de Sanders e o convidou a apoiar sua campanha, em iscurso voltado para unir os esforços do partido, claramente voltado para as eleições gerais. ;Nós temos que ser sonhadores e realizadores;, declarou a pré-candidata. Em referência ao negativismo usado nas campanhas republicanas, ela destacou que ;apesar do que outros candidatos dizem, nós acreditamos na bondade de nossas pessoas e na grandeza de nossa nação;.

A despeito da liderança de Clinton, Sanders deixou claro que pretende seguir em frente. Sua equipe, no entanto, reconheceu que as chances de vitória dependiam do resultado de ontem, e a campanha pode reavaliar a estratégia. Em entrevista à TV CNN, a mulher do senador, Jane Sanders, rejeitou a possibilidade de o marido entrar na disputa como independente. Horas antes, Trump tinha tentado incitar o senador a rachar os votos democratas, defendendo que ele não fora tratado como merecia pela legenda. O magnata repetiu o discurso ao comemorar a vitória.

Apesar do que outros candidatos dizem, nós acreditamos na
bondade do nosso povo e na grandeza de nossa nação;


Hillary Clinton,
pré-candidata pelo Partido Democrata

2.383

Números de delegados necessários para a indicação do candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos

1.237

Total de delegados exigidos para a indicação do Partido Republicano na disputa pela Casa Branca

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação