CURTAS

CURTAS

postado em 27/04/2016 00:00


; TRANSPLANTE
UNIÃO DEVE
AJUDAR
TRANSPORTE


A luta de quem precisa um órgão saudável ganhou reforço. Decisão da Justiça do DF obrigará a União a auxiliar o transporte para agilizar o caminho entre doador e receptor. O esforço é para que casos como o de Gabriel Langkamer Assis, 12 anos, não se repitam. O menino morava no DF e morreu aguardando um coração. O órgão compatível foi encontrado em Pouso Alegre (MG), mas não chegou até o DF por falta de transporte. A partir de agora, a União deverá providenciar os meios necessários a fim de garantir o transporte de órgãos, tecidos e partes do corpo humano destinados a transplantes. Para isso, deve utilizar veículos próprios, o que inclui aeronaves, ambulâncias, das Forças Armadas ou de outros órgãos, sempre que for acionada pela Central Nacional de Transplantes (CNT). A decisão tem caráter liminar e é resultado de ação do Ministério Público Federal (MPF).


; TEMPO
PREVISÃO
DE CHUVA
PARA HOJE


Abril já é considerado com um dos meses mais quentes e secos desde 1961, quando começou a medição de temperaturas em Brasília pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O motivo de tanto calor, segundo meteorologistas, é um bloqueio atmosférico influenciado pelo fenômeno El Nino, que fez com que uma massa de ar quente e seca atuasse sobre a Região Centro-Oeste, impedindo a formação de nuvens. A última precipitação intensa registrada no DF é de 27 de março, totalizando 30 dias de estiagem. Isso fez o GDF decretar período de emergência para incêndios florestais. Ontem, o céu amanheceu nublado e, em algumas regiões, houve chuva. A previsão é de chuvas em áreas isoladas para hoje e amanhã. A temperatura fica entre 16;C e 27;C.


; PATRIMÔNIO
CONSELHO
DEBATE
LUOS E PPCUB


O Conselho Consultivo de Preservação e Planejamento Territorial e Metropolitano do Distrito Federal reuniu-se, ontem, pela segunda vez, na 901 Sul. Criado por decreto, o Conselho tem 64 integrantes, a maioria deles representantes da sociedade civil. Foi formado para debater propostas referentes à Lei de Ocupação de Solo (LUOS) e ao Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCub). A Luos é um detalhamento do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (Pdot) e define as regras sobre a construção de edificações e ocupação do território de 23 regiões administrativas. O PPCub define como devem ser feitos prédios residenciais, restaurantes, hospitais, hotéis, entre outras edificações nas regiões do Plano Piloto, Candangolândia, Cruzeiro, Noroeste e Octogonal. Nessa fase, o governo, por meio do conselho, quer ouvir moradores do DF. Os projetos devem ser enviados ainda este ano à Câmara Legislativa.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação