Gol aos 40 do segundo tempo

Gol aos 40 do segundo tempo

Diante de 335 testemunhas, Botafogo sofre para eliminar Juazeirense, mas avança à terceira fase

postado em 20/05/2016 00:00
 (foto: Satiro Sodré/SS PRESS.)
(foto: Satiro Sodré/SS PRESS.)



Em um jogo de baixo nível técnico testemunhado por 335 pagantes no Estádio Los Larios, o Botafogo se classificou ontem à noite para a terceira fase da Copa do Brasil. Como venceu a primeira partida por 2 x 1 na Bahia, o alvinegro administrou o resultado e terá pela frente o Bragantino na sequência do torneio. O time paulista eliminou o Avaí. Além de a partida ter sido ruim, o acomodado Botafogo, o gramado ruim e a falta de qualidade do adversário comprometeram a qualidade do confronto no Rio.

No primeiro tempo, a melhor chance de gol do Botafogo partiu dos pés de Victor Luís. Ele avançou pela esquerda e acionou Luis Henrique na área. O atacante mandou para o gol de primeira e a bola passou rente à trave esquerda do goleiro Tigre. Bruno Silva também arriscou um chute de fora da área, mas faltou mira.

Na etapa final, Helton Leite precisou trabalhar para evitar o gol do Juazeirense. A partir daí, o preguiçoso Botafogo se acomodou com o resultado e o fraco Juazeirense não incomodava. A partida oficial pela segunda fase da Copa do Brasil passou a lembrar um jogo-treino, até que um gol despertou os torcedores no estádio.

Aos 40 minutos, o Botafogo aproveitou um contra-ataque puxado por Ribamar. O atacante rolou para Neilton, que finalizou para balançar a rede do goleiro Tigre. Foi o segundo gol de Neilton na Copa do Brasil, o quinto do time alvinegro no mata-mata nacional. Neilton quase marcou o segundo em uma arrancada pela esquerda com direito a drible em dois marcadores, mas Tigre salvou o Juazeirense.

Clássico Vovô

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou nesta quinta-feira a realização do clássico carioca entre Fluminense e Botafogo para o Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. A partida será realizada no próximo dia 29 de maio, às 16h, pela quarta rodada do Brasileirão. Mandante da partida, o Fluminense ainda não tem Edson Passos à disposição.

A partida chegou a ser cogitada em outras três praças: Cariacica-ES, Natal-RN e Juiz de Fora-MG. Porém, nenhuma avançou e o Raulino de Oliveira, já bastante utilizado este ano, foi a opção escolhida.

Ficha técnica

Botafogo
Hélton Leite; Diego, Renan Fonseca, Emerson Santos e Victor Luis; Bruno Silva, Fernandes, Marquinho e Salgueiro (Neilton); Sassá e Luis Henrique
Técnico: Ricardo Gomes

Juazeirense
Tigre; Alex Travassos, Paulo Henrique, Ricardo Braz e Deca; Capone, Diego Teles, Everlan e Wanderson; Tony Galego e Nino Guerreiro

Gol: Neilton
Cartões amarelos: Bruno Silva (B), Deca, Diego Teles e Everlan (J)
Público: 335 pagantes
Renda: R$ 3.870
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação